:: Busca:
:: Busca Avançada
Guia Bibliográfico Odontológico
Base de dados
15 usuários on-line neste momento.
Login  
:: ÍNDICE
Veja o índice completo
- Art. Leitura Dinâmica
- Bioengenharia
- Biossegurança
- Cirurgia T.B.M.F.
- Códigos e Manuais
- Dentística
- Diversos
- Endodontia
- Ensino Odontológico
- Ergonomia
- Estomatologia
- Evidence Based
- Geral
- Implantologia
- Materiais Dentários
- Oclusão ATM
- Odonto Legal e Ética
- Odonto Preventiva
- Odontopediatria
- Ortodontia
- Pacientes Especiais
- Periodontia
- Prótese Buco-Maxilo
- Prótese Fixa
- Prótese Removível
- Prótese Total
- Radiologia
- Saúde do C.D.
- SOS Artigos Cortesia
Odonto Preventiva / Cariologia / Saúde Pública / Qualidade de atenção em saúde / Flúor
FACILITE SUA PESQUISA: listar apenas DTCs sobre:
A - Trabalho ou Artigo Clínico, de Divulgação, Revisão de Literatura
B - Relato de Caso(s) e Técnica(s), Nota(s) Prévia(s)
C - Investigação Científica, Trabalho(s) de Pesquisa(s), Artigo Original
Geral
Total de Documentos Técnico-Científicos Encontrados: 3696
 
:: A - Trabalho ou Artigo Clínico, de Divulgação, Revisão de Literatura

SAÚDE BUCAL NAS ESCOLAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA
SANTOS, K. T. et al.
A necessidade de aproximação entre acadêmicos e a realidade vivenciada pela comunidade, bem como a de educar buscando a transformação social, desde uma tenra idade, levaram ao desenvolvimento do Projeto de Extensão de Educação em Saúde Bucal, realizado nas Escolas Municipais de Educação Infantil de Araçatuba. A proposta do artigo é descrever o projeto, enfatizando os aspectos educativos, a fim de compartilhar essa experiência e refletir sobre a prática.
PALAVRAS CHAVE: Programas educativos; Saúde bucal; Educação em saúde.
( 9 páginas 29 ref. 0 f.) Revista Ciência em Extensão - Ano: 2012
Cod. A23 . 8 . 1 - 4 2012 - 1 E Rev. Liter

AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE SISTEMAS DE SAÚDE: UM MODELO DE ANÁLISE
VIACAVA, F. et al.
Este artigo apresenta uma revisão da Matriz de Dimensões da Avaliação do Sistema de Saúde no Brasil desenvolvida em 2003, e uma atualização conceitual de parte das subdimensões de avaliação do desempenho dos serviços de saúde: efetividade, acesso, eficiência e adequação.
PALAVRAS CHAVE: Desempenho do sistema de saúde; Eficiência; Efetividade; Acesso; Adequação.
( 14 páginas 32 ref. 2 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2012
Cod. C62 . 17 . 4 - 4 2012 - 1 F Rev. Liter

DESIGUALDADES SOCIAIS NO ACESSO A SERVIÇOS ODONTOLÓGICOS
BARATA, R. B. et al.
As desigualdades sociais em saúde tornaram-se, ao longo das duas últimas décadas, uma das temáticas mais relevantes em Saúde Pública tanto nos países ricos quanto nos de renda média ou baixa. O tema tomou dimensão política com a criação da comissão de determinantes sociais em saúde pela Organização Mundial da Saúde e o consequente envolvimento dos ministros de saúde dos países membros no enfrentamento das desigualdades sociais.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Rev. Saúde Pública USP/FSP - Ano: 2012
Cod. D55 . 46 . 2 - 4 2012 - 3 X Rev. Liter

SAÚDE DA FAMÍLIA GANHA MAIS DE 800 PROFISSIONAIS
Publicado na Odonto Magazine Vol. 02 nº 15 2012
Para ampliar o acesso da população à atenção básica no SUS, o Ministério da Saúde publicou recentemente portarias que autorizam municípios a contratarem profissionais para a estratégia Saúde da Família. As autorizações preveem 730 novos Agentes Comunitários de Saúde e o credenciamento de 76 Equipes de Saúde da Família e 58 Equipes de Saúde Bucal.
( 1 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 15 - 4 2012 - 2 X Rev. Liter

A ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA E O RELACIONAMENTO MULTIPROFISSIONAL
PALACIO, D.
Hoje em dia é sabido que o profissional de saúde bucal inserido na Estratégia Saúde da Família tem um arsenal de possibilidades em seu dia-a-dia, o que favorece uma atuação integral e um olhar ampliado.
( 2 páginas 0 ref. 3 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 15 - 4 2012 - 6 X Rev. Liter

ODONTOLOGIA PREVENTIVA E RECREATIVA
NAVARRO, V. et al.
O Sorriso Bom de Boca une diversão e informação para promover a saúde bucal em Cornélio Procópio, no Paraná. A entrevista com a Dra. Maria Cristina Reghin Vital mostra um pouco mais da importância do projeto.
( 2 páginas 0 ref. 4 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 15 - 4 2012 - 7 X Rev. Liter

A SAÚDE BUCAL DA POPULAÇÃO BRASILEIRA
BRIZOLARA, R. V.
Queridos leitores da Odonto Magazine, na última edição conversamos sobre o Decreto n° 7508/2011. Nesta edição, retomaremos a Pesquisa Nacional de Saúde Bucal – o SB Brasil 2010. No Brasil, na área da saúde bucal, já houve quatro grandes levantamentos epidemiológicos de âmbito nacional realizados nos anos de 1986, 1996, 2003 e 2010.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 15 - 4 2012 - 10 X Rev. Liter

A IMPORTÂNCIA DA ODONTOLOGIA DO TRABALHO NO SETOR DE ALIMENTAÇÃO
SANTOS, M. R. et al.
Na correria da vida moderna, a maioria da população recorre à praticidade em termos de alimentação. Já no café da manhã comemos aquele pãozinho saboroso da padaria da esquina, um pão de queijo crocante, um misto quente ou um delicioso sanduíche. Alguém já parou para pensar como está a saúde bucal daquele que manipula e confecciona o nosso alimento?
( 2 páginas 0 ref. 3 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 15 - 4 2012 - 11 X Rev. Liter

HOSPITAL DENTISTRY: A PROPOSAL OF NEW DISCIPLINE
PORTO, A. N. et al.
The aim of this study was to describe the educational practices (teaching, research, extension and service) in the Hospital Dentistry Course of the School of Dentistry, University of Cuiabá. This first experience led to curriculum change and the creation of a new discipline: Hospital Dentistry. The procedures of tertiary oral health experienced by Dentistry teachers and undergraduates provided the material of this study. The methodological procedures of this new discipline insertion comprised technical-administrative and academic actions aiming to establish a new curriculum in Dentistry Course.
PALAVRAS CHAVE: Community Dentistry; Hospital; Oral health.
( 4 páginas 10 ref. 0 f.) RSBO Rev. Sul-Brasileira de Odontologia - Ano: 2012 - TEXTO EM INGLÊS
Cod. E55 . 9 . 1 - 3 2012 - 17 B Rev. Liter

ATENÇÃO À SAÚDE BUCAL NAS COMUNIDADES INDÍGENAS: EVOLUÇÃO E DESAFIOS – UMA REVISÃO DE LITERATURA
BERTANHA, W. F. F. et al.
Este artigo de revisão de literatura tem como objetivo apontar os aspectos relativos à atenção à saúde bucal nas comunidades indígenas, destacando-se a evolução e os desafios. O levantamento bibliográfico foi realizado nas bases de dados: Pubmed, SciELO, BBO e LILACS.
PALAVRAS CHAVE: Saúde Bucal; Políticas Públicas de Saúde; Saúde Indígena; Índios Sul-Americanos.
( 8 páginas 38 ref. 0 f.) Rev. Bras. Ciênc. Saúde / UFPB - Ano: 2012
Cod. B18 . 16 . 1 - 3 2012 - 2 D Rev. Liter

IMPACTO DA CÁRIE E DA FLUOROSE DENTÁRIA NA QUALIDADE DE VIDA DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES
PIOVESAN, C. et al.
O objetivo dessa revisão de literatura é descrever a associação da cárie e da fluorose dentária com a qualidade de vida de crianças e adolescentes. A literatura é clara ao relatar o efeito causado pelas lesões de cárie, principalmente em estágios cavitados, na qualidade de vida dos indivíduos.
PALAVRAS CHAVE: Qualidade de vida; Cárie dentária; Fluorose dentária.
( 4 páginas 46 ref. 0 f.) Rev. APCD - Ano: 2012
Cod. A01 . 66 . 1 - 3 2012 - 2 B Rev. Liter

HOSPITAL É REFERÊNCIA PARA PROGRAMA SORRIA MAIS SÃO PAULO
Publicado na Odonto Magazine Vol. 02 nº 14 2012
As estatísticas já confirmaram vários benefícios trazidos pela presença da Odontologia no ambiente hospitalar, como a redução do uso de antibióticos, da incidência de pneumonias nas UTIs, do tempo de internação, da necessidade de alimentação parenteral, do uso de fatores da coagulação, entre outros.
( 1 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 14 - 3 2012 - 1 X Rev. Liter

UM FUTURO LIVRE DE CÁRIES
GENNARI, C.
As causas do aumento da incidência da cárie no mundo são a falta de acesso à saúde bucal e de ações preventivas para educar a população, afirma o presidente da Aliança para um Futuro Livre de Cárie do Brasil, Prof. Dr. Marcelo Bönecker. O problema, segundo ele, também é impulsionado pela má alimentação, e os alimentos que contêm alto índice de açúcar podem ser considerados como um fator agravante.
( 3 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 14 - 3 2012 - 3 B Rev. Liter

ODONTOLOGIA CIDADÃ: EDUCAÇÃO E PREVENÇÃO
NAVARRO, V.
O Projeto Odontologia Cidadã apresenta, por meio de ações educativas e preventivas, a importância da manutenção da saúde bucal e da prevenção de doenças aos moradores de Bragança Paulista (SP).
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 14 - 3 2012 - 6 X Rev. Liter

REPRESENTANTE DA OMD NAMADEIRA - GIL FERNANDES ALVES ANALISA MEDICINA DENTÁRIA NA MADEIRA
Publicado na Revista OMD Vol. 04 nº 12 2012
Qual é a atual situação do programa de saúde oral na Madeira? Em virtude da deliberação do Conselho de Administração do Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM) e da Secretaria Regional dos Assuntos Sociais (SRAS) do Governo da Região Autónoma da Madeira, de maio de 2010, o Programa Regional de Promoção de Saúde Oral (PRPSO) sofreu uma remodelação, passando a chamar-se Programa de Saúde Oral (PSO).
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Rev. de OMD - Ordem Médicos Dentistas - Ano: 2012
Cod. E84 . 4 . 12 - 3 2012 - 8 X Rev. Liter

UM TRABALHO QUE GERA EVOLUÇÃO - DENTISTA BRASILEIRA DESENVOLVE TRABALHO NA ARMÊNIA PARA COLABORAR COM O CRESCIMENTO DA ODONTOLOGIA NAQUELE PAÍS
KLATCHOIAN, D.
Convidada a atuar na Armênia, Drª Denise Klatchoian não tutebiou em aceitar e a ajudar os profissionais da Odontologia daquele país a entender os problemas da saúde bucal existentes lá e também treiná-los e capacitá-los para os atendimentos necessários. A primeira viagem foi realizada em 2010, respondendo ao convite do professor Robert Bagramian, que é professor de Odontologia Preventiva na Faculdade de Odontologia da Universidade de Michigan, e chefe do Departamento de Saúde Pública da AUA - American University of Armenia. Fizeram um estudo preventivo sobre as condições do local e perceberam a extrema necessidade de atuarem lá, juntamente com os profissionais armênios, alavancando a Odontologia e possibilitando novos caminhos de atuação e aprendizagem.
( 3 páginas 0 ref. 5 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
Cod. C87 . 42 . 42 - 2 2012 - 1 B Rev. Liter

ATUANDO PARA UM MUNDO SAUDÁVEL
BUSSADORI, S. K.
Drª Sandra Kalil Bussadori atua em seu consultório desde que se formou e diz com orgulho que a Odontologia é uma ótima profissão e, em especial, a Odontopediatria, que é uma especialidade ascendente e estável. Ela garante ainda adorar ser odontopediatra e tratar de jovens. Em seu consultório atuam mais 4 profissionais, sendo uma outra odontopediatra, um ortodontista, uma protesista e uma endodontista.
( 1 páginas 0 ref. 3 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
Cod. C87 . 42 . 42 - 2 2012 - 6 X Rev. Liter

EDUCAÇÃO E SAÚDE BUCAL
NAVARRO, V. et al.
Iniciado por meio de uma parceria entre a Associação Brasileira de Odontologia (ABO) e a Prefeitura de Fortaleza (CE), o projeto Geração Cárie Zero – Aluno Nota Dez tem como meta garantir que 60% dos alunos não apresentem mais cáries até agosto deste ano.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 13 - 2 2012 - 6 X Rev. Liter

A SAÚDE BUCAL DOS INDÍGENAS
ZEFERINO, S. V.
Uma minoria étnica, sim, correspondendo a 0,42% da população total do Brasil, segundo o censo IBGE 2010, mas representando nossas raízes; somam 817.893 pessoas, sendo 315.180 vivendo em cidades e 502.783 em áreas rurais. De acordo com o Departamento de Assuntos Indígenas da Associação de Missões Transculturais Brasileiras são 228 etnias reconhecidas oficialmente, 27 isoladas, 10 parcialmente isoladas, nove possivelmente extintas, 41 ressurgidas e 25 ainda a pesquisar, formando um quadro de 340 grupos.
( 3 páginas 0 ref. 3 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 13 - 2 2012 - 7 X Rev. Liter

SAÚDE BUCAL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES DO BRASIL E DO MUNDO
NAVARRO, V.
Com voluntários espalhados por todo território nacional e em 10 países da América Latina e Portugal, o Dentista do Bem é o principal projeto da Turma do Bem.
( 3 páginas 0 ref. 3 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 12 - 1 2012 - 3 B Rev. Liter

MUDANÇA COMPORTAMENTAL DAS CRIANÇAS E ADOLESCENTES E O RISCO PARA A EROSÃO DENTÁRIA
BIANCALANA, H.
Mudanças comportamentais e nutricionais refletem na qualidade da Saúde Bucal da Criança e do Adolescente. De acordo com os resultados da PeNSE – Pesquisa Nacional da Saúde Escolar – 2009, divulgada em 2010, que identificou a frequência semanal de consumo de alimentos considerados como marcadores de alimentação saudável (feijão, legumes e verduras, frutas e leite) e de alimentação não saudável (frituras, embutidos, biscoitos e bolachas, guloseimas (balas, bombons, chicletes, doces, chocolates ou pirulitos e refrigerantes), os estudos mostraram o aumento do consumo de alimentos não saudáveis, ricos em açúcares e gorduras, na dieta dos adolescentes brasileiros (www.ibge.gov.br/..pense.pdf).
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
Cod. F02 . 2 . 12 - 1 2012 - 5 X Rev. Liter

ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO DOMICILIAR, UMA EXTENSÃO DO ATENDIMENTO HOSPITALAR
BOKLIS, D.
Profissional fala do atendimento odontológico a pacientes acamados e desospitalizados que necessitam de atenção especial e qualificada. Nesta entrevista, Dr Daniel fala um pouco sobre sua atuação no atendimento domicilar realizado na cidade e região de Campinas, interior de São Paulo. Relata sobre a importância da realização desse trabalho na vida dos pacientes, a infraestrutura que se conta, além dos benefícios gerados à saúde dos acamados, ou daqueles com dificuldade de locomoção.
( 2 páginas 0 ref. 5 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
Cod. C87 . 41 . 41 - 1 2012 - 1 X Rev. Liter

PROBIÓTICOS - REVISÃO DA LITERATURA
NOGUEIRA, J. C. R. et al.
Objetivou-se realizar revisão sobre uso de Probióticos em artigos originais no Pubmed. Resultados: Foram selecionados artigos que abordavam as características gerais dos probióticos, bem como seu uso na imunomodulação. Os probióticos estão indicados na prevenção de diarréias, causadas por antibióticos e rotavírus, mas também em doenças atópicas, auto-imunes e câncer.
PALAVRAS CHAVE: Probióticos; Rinite Alérgica Perene; Rinite Alérgica Sazonal; Lactobacillus; Bifidobacterium.
( 6 páginas 19 ref. 0 f.) Rev. Bras. Ciênc. Saúde / UFPB - Ano: 2011
Cod. B18 . 15 . 4 - 12 2011 - 8 C Rev. Liter

ODONTOLOGIA HOSPITALAR
LANZA, C. R. M. et al.
Devido às condições médicas dos pacientes, a odontologia hospitalar requer atenção e cuidados redobrados no seu atendimento. O Serviço Especial de Diagnóstico e Tratamento em Odontologia do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG (SEDTO-HC-UFMG), criado em 2007 tem o objetivo de atender os pacientes com comprometimento sistêmico que são assistidos por este Hospital.
PALAVRAS CHAVE: Assistência odontológica para doentes crônicos; Hematologia; Oncologia; Odontologia preventiva.
( 4 páginas 7 ref. 0 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 5 B Rev. Liter

ESCOLAS SAUDÁVEIS: UMA EXPERIÊNCIA INTEGRADORA
BARROSO, M. C. F. et al.
A escola é um importante espaço para o desenvolvimento de conhecimentos e práticas por envolver diversos atores sociais, como os alunos, os educadores e a comunidade. O Projeto Escolas Saudáveis é um projeto de extensão coordenado pelo Departamento de Odontologia Social e Preventiva da Faculdade de Odontologia da UFMG que nasceu da necessidade de integração entre o ensino, prática odontológica e a realidade social das comunidades.
PALAVRAS CHAVE: Promoção da saúde; Criança; Educação; Autocuidado; Saúde bucal.
( 5 páginas 15 ref. 0 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 10 C Rev. Liter

ESCOLAS SAUDÁVEIS E O LUGAR ONDE EU VIVO: O MEIO AMBIENTE COMO ESTRATÉGIA PARA O EMPODERAMENTO COMUNITÁRIO
VARGAS, A. M. D. et al.
Empoderamento é a conquista de poder para ser sujeito pessoal e coletivo de todos os processos relacionados com o seu desenvolvimento pessoal e coletivo. É um dos processos exigidos para a formação do cidadãosujeito. A escola constitui um lócus ideal para aplicação de programas de promoção da saúde de amplo alcance e repercussão. As estratégias aplicadas devem abranger determinantes de forma integrada e não compartimentada, conectadas aos espaços cotidianos.
PALAVRAS CHAVE: Promoção da saúde.
( 5 páginas 16 ref. 0 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 11 C Rev. Liter

ESCOLAS SAUDÁVEIS: A ALIMENTAÇÃO, NO CONTEXTO DO AUTO-CUIDADO NO ESPAÇO ESCOLAR, COMO ESTRATÉGIA PARA O EMPODERAMENTO COMUNITÁRIO
MATTOS, F. F. et al.
O Projeto Escolas Saudáveis atua em escolas públicas da regional Pampulha do município de Belo Horizonte sob a ótica das escolas promotoras de saúde proposta pela Organização Mundial da Saúde. Este estudo relata o desenvolvimento de estratégias para o empoderamento comunitário a partir do espaço escolar, tendo como abordagem o auto-cuidado com a alimentação.
PALAVRAS CHAVE: Alimentação; Instituições acadêmicas.
( 5 páginas 12 ref. 0 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 12 C Rev. Liter

MENINOS NO PARQUE
VASCONCELOS, M. et al.
O projeto Meninos no Parque surgiu como desdobramento do Projeto Casa Menino no Parque, implantado pela comunidade do Aglomerado da Serra, no Município de Belo Horizonte. O projeto original tinha como objetivo oferecer atendimento integral na área da educação às crianças e jovens residentes no entorno do Parque das Mangabeiras.
PALAVRAS CHAVE: Criança; Atenção primária à saúde; Saúde bucal.
( 4 páginas 11 ref. 0 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 13 B Rev. Liter

PROMOÇÃO DE SAÚDE BUCAL PARA ADOLESCENTES
OLIVEIRA, A. C. et al.
Considerando-se que os adolescentes não são beneficiados pelos cuidados e atenção dispensados às crianças nem desfrutam da assistência direcionada aos adultos, a adolescência é considerada um período de risco para doenças bucais como cárie e doença periodontal. Este trabalho descreve o projeto de extensão Promoção de Saúde Bucal para Adolescentes desenvolvido na Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Minas Gerais (FO-UFMG).
PALAVRAS CHAVE: Adolescente; Cárie dentária; Atenção primária à saúde; Acesso aos serviços de saúde; Odontologia.
( 4 páginas 13 ref. 0 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 14 B Rev. Liter

SORRISO NO CAMPO: A EXPERIÊNCIA DA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UFMG
PALMIER, A. C. et al.
Os estágios curriculares se configuram como estratégias de impacto na formação do profissional onde as vivências dos acadêmicos nos serviços públicos são de reconhecida importância. O Projeto Sorriso no Campo visa promover uma melhoria na condição de saúde bucal da população residente na zona rural dos municípios da área de abrangência do Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais - IDENE por meio de ações curativas, preventivas e de promoção da saúde.
PALAVRAS CHAVE: Saúde bucal; População rural; Serviços de integração docente-assistencial.
( 4 páginas 4 ref. 2 f.) Arq. em Odont. / Fac. Odont. UFMG - Ano: 2011
Cod. C11 . 47 . Supl.2 - 12 2011 - 15 B Rev. Liter

A IMPLANTAÇÃO DO PROGRAMA DE SAÚDE DA FAMÍLIA (PSF) NO ESTADO DE SÃO PAULO (1995-2002)
GUEDES, J. S. et al.
Este artigo relata a implantação do Programa de Saúde da Família no Estado de São Paulo desde seu início até o ano de 2002. São mencionados como antecedentes importantes outros programas do Ministério da Saúde, como o PIASS (1976-1979), o PACS (1991) e o Projeto do Vale do Ribeira da SES-SP (1980-1987).
PALAVRAS CHAVE: Atenção Primária à Saúde; Programa Saúde da Família; Formulação de Políticas; Acesso.
( 9 páginas 0 ref. 3 f.) Saúde e Sociedade Fac. Saúde Pública USP - Ano: 2011
Cod. E57 . 20 . 4 - 12 2011 - 1 E Rev. Liter

PERFIL DOS PACIENTES ATENDIDOS POR ACADÊMICOS DE GRADUAÇÃO EM ODONTOLOGIA DO 7º PERÍODO DA DISCIPLINA DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO III: RELATÓRIO DA CLÍNICA DE ATENÇÃO BÁSICA
TAKAMORI, E. R. et al.
De acordo com o Caderno de Atenção Básica n° 17 (Brasil, 2006) a Atenção Básica constitui um conjunto de ações de saúde, no âmbito individual ou coletivo, que abrange a promoção e proteção da saúde, a prevenção de agravos, o diagnóstico, o tratamento, a reabilitação e a manutenção da saúde, situadas no primeiro nível de atenção do sistema de saúde.
( 4 páginas 0 ref. 7 f.) Rev. Rede de Cuidados em Saúde - Ano: 2011
Cod. E87 . 5 . 2 - 12 2011 - 1 B Rev. Liter

O USO DE DIÁRIOS COMO FERRAMENTA DE INTERVENÇÃO DA ANÁLISE INSTITUCIONAL: POTENCIALIZANDO REFLEXÕES NO COTIDIANO DA SAÚDE BUCAL COLETIVA
PEZZATO, L. M. et al.
É significativo o numero de estudos de natureza qualitativa que utilizam a técnica do diário em trabalho de campo. Tendo em vista as diferentes abordagens teórico-metodológicas às quais tais investigações se vinculam, este artigo tem como objetivo discutir as potencialidades de diferentes formas de produção de diários, quando utilizados como uma ferramenta de intervenção da Análise Institucional na Saúde Coletiva.
PALAVRAS CHAVE: Análise institucional; Diário; Saúde bucal coletiva; Cotidiano dos serviços de saúde.
( 18 páginas 16 ref. 0 f.) Physis: Rev. Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. F37 . 21 . 4 - 12 2011 - 2 J Rev. Liter

O PATENTEAMENTO DE POLIMORFOS NA INDÚSTRIA FARMACÊUTICA E O ACESSO A MEDICAMENTOS
LIMA, D. M. M. et al.
Recentemente, as discussões sobre o patenteamento na área farmacêutica e seu impacto sobre o acesso da população aos medicamentos tem se intensificado, e, em 2008, o GIPI decidiu que patentes incrementais não deveriam ser concedidas no Brasil. Assim, neste trabalho, são discutidos os possíveis impactos dessas patentes para o acesso aos medicamentos, por meio do estudo do caso dos polimorfos.
PALAVRAS CHAVE: Patentes incrementais; Acesso a medicamentos; Polimorfos; Propriedade industrial; Patentes triviais.
( 22 páginas 35 ref. 3 f.) Physis: Rev. Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. F37 . 21 . 4 - 12 2011 - 4 K Rev. Liter

ATENDIMENTO À COMUNIDADE CONTEMPLA DIVERSAS ÁREAS DA ODONTOLOGIA
Publicado na Dentistry Brasil nº 40 2011
FMU realiza atendimentos especializados à comunidade abrangendo a periodontia, cirurgia, endodontia, dentística, prótese e implantodontia. O Curso de Odontologia da FMU oferece atendimento à comunidade contemplando diversas especialidades da Odontologia como Periodontia, Cirurgia, Endodontia, Dentística, Prótese e Implantodontia.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2011
Cod. C87 . 40 . 40 - 12 2011 - 6 X Rev. Liter

MÉTODOS DE DETECÇÃO DE CÁRIE: DO TRADICIONAL ÀS NOVAS TECNOLOGIAS DE EMPREGO CLÍNICO
LEÃO FILHO, J. C. B. et al.
O desenvolvimento de novos métodos de detecção de cárie tem o objetivo de facilitar o diagnóstico de lesões incipientes de cárie, suprindo a deficiência dos métodos convencionais. Pretende-se avaliar os métodos de detecção de cárie citados na literatura e compará-los segundo sua especificidade e sensibilidade, desde os mais tradicionais até os mais recentes.
PALAVRAS CHAVE: Cárie dentária; Diagnóstico.
( 13 páginas 34 ref. 3 f.) Rev. Odont. Univ. Cidade São Paulo - Ano: 2011
Cod. C67 . 23 . 3 - 12 2011 - 7 F Rev. Liter

SAÚDE ATRÁS DAS GRADES: O PLANO NACIONAL DE SAÚDE NO SISTEMA PENITENCIÁRIO NOS ESTADOS DE MINAS GERAIS E PIAUÍ
OLIVEIRA, V. A. S. et al.
O presente artigo problematiza a efetivação do Plano Nacional de Saúde no Sistema Penitenciário. A refl exão teórica articula o universo prisional com autores das Ciências Sociais e apresenta aspectos empíricos dos Estados do Piauí e de Minas Gerais. Relaciona, ainda, a saúde no Sistema Penitenciário e no Sistema Único de Saúde (SUS).
PALAVRAS CHAVE: Saúde; Sistema Penitenciário; Populações Privadas de Liberdade.
( 10 páginas 17 ref. 0 f.) Saúde em Debate - Ano: 2011
Cod. D64 . 35 . 91 - 12 2011 - 7 E Rev. Liter

USO DE CORANTE PARA DETECÇÃO DE TECIDO CARIADO
PLEFFKEN, P. R. et al.
O objetivo do tratamento do dente cariado é remover todo o tecido infectado para o posterior selamento da cavidade com material restaurador. Para a avaliação das paredes remanescentes do preparo cavitário, os critérios táctil e visual são normalmente utilizados.
PALAVRAS CHAVE: Corante detector de cárie; Dentina; Lesão de cárie.
( 5 páginas 16 ref. 0 f.) Rev. Fluminense Odont. / UFF - Ano: 2011
Cod. E26 . 17 . 36 - 12 2011 - 11 C Rev. Liter

ATENÇÃO À SAÚDE BUCAL NOS DIVERSOS CICLOS DE VIDA
ROJAS, M. M. et al.
A Atenção Primária em Saúde ou Atenção Básica constitui a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS). As ações abrangem promoção e proteção da saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 10 - 11 2011 - 4 X Rev. Liter

DISTRIBUINDO SORRISOS
NAVARRO, V..
O Projeto Sorrir, idealizado pela cirurgiã-dentista Dra. Silvana Ribeiro Roda, promove trabalho educativo e preventivo realizado por profissionais que lutam para melhorar a qualidade de vida da comunidade.
( 3 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 10 - 11 2011 - 5 B Rev. Liter

SORRIAM BEM, CAMINHONEIROS
Publicado na Dentistry Brasil nº 39 2011
Motoristas de todo o país são beneficiados com iniciativa de prevenção e manutenção de saúde bucal conduzida pela Ford há 12 anos. O Projeto Sorrindo com a Ford, também conhecido como Ford Odontomóvel, foi criado em 2000. Esse consultório odontológico móvel, montado sobre um caminhão Ford Cargo 815e percorre o Brasil de norte a sul levando atendimento gratuito para os caminhoneiros e comunidades carentes.
( 2 páginas 0 ref. 5 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2011
Cod. C87 . 39 . 39 - 11 2011 - 8 X Rev. Liter

BOCA: O ESPELHO DA SAÚDE
NAVARRO, V..
A Odontologia Sistêmica trabalha a visão holística de saúde integral. A entrevista com o Dr. Agné Cervo Peres, Vice-Presidente da Sociedade de Odontologia Sistêmica de São Paulo, mostra que a boca é muito mais do que a abertura inicial do tubo digestivo.
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 9 - 10 2011 - 3 X Rev. Liter

INTEGRATING ORAL HEALTH INTO HAITIS NATIONAL HEALTH PLAN: FROM DISASTER RELIEF TO SUSTAINABLE DEVELOPMENT
DAY, S. E. et al.
In 2010, Haiti suffered three devastating national emergencies: a 7.0 magnitude earthquake that killed over 200 000 and injured 300 000; a cholera outbreak that challenged recovery efforts and caused more deaths; and Hurricane Tomas, which brought additional destruction. In the aftermath, the Pan American Health Organization (PAHO) reoriented its technical cooperation to face the myriad of new challenges and needs. Efforts included support and technical assistance to the Ministry of Health and Population of Haiti and coordination of actions by the United Nations Health Cluster.
PALAVRAS CHAVE: Oral health; National health programs; Emergency plan; Delivery of health care; Pan American Health Organization; Haiti.
( 6 páginas 13 ref. 0 f.) Rev. Panam. Salud Pública - Ano: 2011 - TEXTO EM INGLÊS
Cod. F20 . 30 . 5 - 10 2011 - 1 C Rev. Liter

PREVENÇÃO E EDUCAÇÃO EM SAÚDE BUCAL
BIANCALANA, H. et al.
O OdontoComunidade conta com cirurgiões-dentistas, estudantes de Odontologia, psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes e técnicos em saúde bucal. Esses profissionais se unem para disseminar a educação em saúde bucal entre as crianças de comunidades carentes e os pertencentes ao núcleo da melhor idade.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 8 - 9 2011 - 6 X Rev. Liter

SAÚDE BUCAL NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA
PINTARELLI, T. P. et al.
Um pouco de história (...). As bases para a construção do Sistema Único de Saúde (SUS), na reestruturação da atenção básica, foram estabelecidas pela VIII Conferência Nacional de Saúde (8ª. CNS) e consolidadas com a Constituição de 1988 (artigo 196). O SUS, em sua essência, é constituído por princípios doutrinários (universalidade, equidade, integralidade) e organizativos (participação popular, descentralização, regionalização, hierarquização).
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 8 - 9 2011 - 10 X Rev. Liter

ATUAÇÃO DA PSICOLOGIA NA ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DE UM PSICÓLOGO EM UMA RESIDÊNCIA MULTIPROFISSIONAL
MEIRA, M. A. et al.
O presente artigo teve como objetivo relatar a experiência vivenciada por um psicólogo numa Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade na cidade de João Pessoa-PB (RMSFC). Para tanto, foi elaborado um relato de experiência com base nos dados registrados no diário de campo e através das observações realizadas por este psicólogo durante o período da Residência.
PALAVRAS CHAVE: Psicologia; Saúde da Família; Internato e Residência.
( 8 páginas 18 ref. 0 f.) Rev. Bras. Ciênc. Saúde / UFPB - Ano: 2011
Cod. B18 . 15 . 3 - 9 2011 - 9 D Rev. Liter

REFLEXÕES SOBRE AVALIAÇÃO DE POLÍTICAS DE SAÚDE NO BRASIL
FERNANDES, F. M. B. et al.
O presente texto tem como objetivo trazer contribuições para o debate sobre a avaliação de políticas públicas, especificamente no que concerne ao setor saúde no Brasil. Busca-se apresentar e tematizar algumas das questões fundamentais que perpassam esse campo de estudo, mediante o levantamento ou revisão bibliográfica sobre avaliação de políticas no setor saúde numa conceituada e reconhecida base de dados, o SciELO.
PALAVRAS CHAVE: Avaliação de Programas e Projetos de Saúde; Avaliação em Saúde; Políticas Públicas de Saúde.
( 11 páginas 94 ref. 3 f.) Cad. Saúde Pública / CSP - Ano: 2011
Cod. C32 . 27 . 9 - 9 2011 - 1 F Rev. Liter

AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE: UM NOVO ATOR NO CENÁRIO DA SAÚDE DO BRASIL
FILGUEIRAS, A. S. et al.
O Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS) foi introduzido no Brasil em 1991 como uma tática para o desenvolvimento de atividades relacionadas à prevenção de doenças e educação em saúde. Em 1994, o Ministério da Saúde propôs o Programa de Saúde da Família (PSF) como estratégia de reestruturação da atenção à saúde.
PALAVRAS CHAVE: Saúde da Família; Auxiliares de saúde comunitária; Prática profissional.
( 17 páginas 24 ref. 0 f.) Physis: Rev. Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. F37 . 21 . 3 - 9 2011 - 2 J Rev. Liter

SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DE TODOS: O LEGAL E O REAL
SANTOS, N. R.
As políticas públicas de Estado e Governo na saúde são abordadas sob a percepção de como o poder executivo vem assumindo sua responsabilidade constitucional de formular e realizar estratégias implementadoras do Sistema Único de Saúde desde 1990: as congruentes e as incongruentes com os princípios e as diretrizes constitucionais da seguridade social e da saúde.
PALAVRAS CHAVE: Rumo do SUS; Política Pública; Política de Saúde.
( 10 páginas 23 ref. 0 f.) Saúde em Debate - Ano: 2011
Cod. D64 . 35 . 90 - 9 2011 - 1 E Rev. Liter

DELIBERAÇÃO POLÍTICA NOS ESPAÇOS DE PARTICIPAÇÃO SOCIAL DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE DO BRASIL
BARRETO, J. O. M. et al.
São examinados aspectos normativos dos espaços participativos do Sistema Único de Saúde (SUS), discutindo os sentidos da deliberação política. O objetivo é investigar a natureza política da atuação deliberativa das instâncias participativas da política de saúde.
PALAVRAS CHAVE: Participação social; Formulação de políticas; SUS; Sociedade civil.
( 10 páginas 26 ref. 0 f.) Saúde em Debate - Ano: 2011
Cod. D64 . 35 . 90 - 9 2011 - 2 E Rev. Liter

A EFETIVIDADE DE ÓLEOS ESSENCIAIS NO CONTROLE QUÍMICO DO BIOFILME E NA PREVENÇÃO DA CÁRIE DENTÁRIA
FILOGÔNIO, C. F. B. et al.
Apesar da diminuição da incidência de cárie dentária na população mundial, devida aos inúmeros recursos disponíveis para seu controle, a inadequada higienização bucal levando ao acúmulo de biofilme dentário ainda constitui fator de risco para essa doença. Objetivou-se atualizar o conhecimento sobre os efeitos de óleos essenciais como agentes no controle químico do biofilme dentário.
PALAVRAS CHAVE: Escovação dentária; Placa dentária; Dentifrícios; Óleos voláteis.
( 5 páginas 40 ref. 0 f.) Pesq. Bras. Odontopediatria Clín. Integrada - Ano: 2011
Cod. B31 . 11 . 3 - 9 2011 - 23 C Rev. Liter

DISTINÇÃO ENTRE DOIS TIPOS DE LESÃO DENTINÁRIA NA SUPERFÍCIE OCLUSAL SOB ESMALTE SEM CAVITAÇÃO
MOTA, L. Q. et al.
O objetivo desse trabalho é distinguir dois tipos de lesão dentinária, sob esmalte sem cavitação, apresentando uma nova denominação, cárie semioculta, para todas as lesões dentinárias sob esmalte não cavitado, porém com mudança de coloração, visível através da inspeção visual detalhada, classificando as duas entidades distintas de cárie escondida, cárie oculta e semioculta, baseando-se no método de diagnóstico. A diferenciação entre as lesões será ilustrada através de fotografias, ressaltando os aspectos clínicos de ambas as situações.
PALAVRAS CHAVE: Cárie oclusal; Diagnóstico; Plano de tratamento.
( 6 páginas 40 ref. 9 f.) Pesq. Bras. Odontopediatria Clín. Integrada - Ano: 2011
Cod. B31 . 11 . 3 - 9 2011 - 24 C Rev. Liter

VOLUNTARIADO EDUCATIVO
NAVARRO, V..
Com a missão de promover a cidadania por meio de ações educativas e culturais, o VOE – Voluntariado Educativo, projeto que existe há cinco anos, baseia-se em valores, como o amor, a educação, a saúde, a paz, a participação, a esperança e a alegria.
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 7 - 8 2011 - 4 X Rev. Liter

ERGONOMIA: UMA IMPORTANTE ALIADA NA PREVENÇÃO DE DOENÇAS OCUPACIONAIS - PARTE I
BORGES, V. C. et al.
Este texto tem como finalidade alertar a classe odontológica para este problema, apresentar os quadros clínicos característicos de LER/DORT, os fatores de risco, o tratamento e principalmente a prevenção.
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 7 - 8 2011 - 5 X Rev. Liter

APLICABILIDADE CLÍNICA DOS NÍVEIS DE PREVENÇÃO INDIVIDUAIS DA DOENÇA CÁRIE
SCHUNK, L. et al.
O presente artigo apresenta, através de revisão da literatura, os três níveis de prevenção individuais da doença cárie e descreve sua aplicabilidade clínica com enfoque nos dois primeiros níveis de prevenção pouco discutidos na literatura: prevenção primária-primária/primária verdadeira e prevenção primária.
PALAVRAS CHAVE: Níveis de prevenção individuais; Doença cárie.
( 7 páginas 21 ref. 0 f.) Perio News - Ano: 2011
Cod. A26 . 5 . 4 - 8 2011 - 11 D Rev. Liter

EDUCAÇÃO E SAÚDE BUCAL
NAVARRO, V..
Com mais de três décadas de atuação mundial, o Programa Sorriso Saudável, Futuro Brilhante, criado pela Colgate-Palmolive, contribui ativamente na promoção da saúde bucal das nossas crianças, ressaltando os aspectos preventivos e práticos da higiene.
( 2 páginas 0 ref. 3 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 6 - 7 2011 - 5 X Rev. Liter

FLUORETAÇÃO E DENTIFRÍCIO NA MEDIDA CERTA
BIANCALANA, H..
Sem dúvida que ao longo das últimas décadas houve uma grande melhoria da saúde bucal das crianças brasileiras, embora o Suplemento de Saúde da Pnad - 2008 (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) mostre que 11,7% dos brasileiros nunca foram ao dentista. A maior parte desse total tem até quatro anos de idade. De acordo com a pesquisa, 77,9% das crianças nessa faixa etária nunca visitaram um especialista para cuidar da saúde bucal.
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 6 - 7 2011 - 8 X Rev. Liter

CÁRIE E EROSÃO DENTÁRIA: UMA BREVE REVISÃO
MANGUEIRA, D. F. B. et al.
O objetivo desse trabalho foi realizar uma revisão da literatura sobre os aspectos clínicos e histopatológicos de dois tipos de desgaste dentário: cárie e erosão. Enfatiza-se que apesar da cárie e da erosão serem resultado de processos de perda de tecido do dente, o mecanismo de ação do agente etiológico é diferenciado a nível microestrutural, repercutindo em aspectos clínicos distintos.
PALAVRAS CHAVE: Erosão Dentária; Cárie Dentária; Desgaste dos dentes.
( 4 páginas 30 ref. 1 f.) Odont. Clínico-científica / CROPE - Ano: 2011
Cod. E40 . 10 . 2 - 6 2011 - 2 B Rev. Liter

IMPORTÂNCIA DOS PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO E MOTIVAÇÃO PARA SAÚDE BUCAL EM ESCOLAS: RELATO DE EXPERIÊNCIA
VALARELLI, F. P. et al.
O objetivo deste trabalho foi o de descrever um programa de educação e motivação para crianças em relação à saúde bucal em escolas. Para o sucesso deste trabalho, as inovações nas atividades propostas no programa dependem da habilidade do profissional.
PALAVRAS CHAVE: Educação em saúde bucal; Saúde bucal; Doenças de boca; Higiene bucal; Educação em odontologia.
( 4 páginas 10 ref. 12 f.) Odont. Clínico-científica / CROPE - Ano: 2011
Cod. E40 . 10 . 2 - 6 2011 - 13 B Rev. Liter

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELO TRABALHO PARA A SAÚDE: FORMAÇÃO BASEADA NOS PRESSUPOSTOS DAS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS
OLIVEIRA, E. R. et al.
Este trabalho objetiva correlacionar os pressupostos das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para o curso de Odontologia com as atividades desenvolvidas por alunos de Odontologia, integrantes do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PETsaúde) da Universidade Estadual de Londrina (UEL). As DCN apontam que a formação profissional deve estar atrelada às necessidades da população, daí a necessidade da diversificação dos cenários de práticas e do fortalecimento da parceria e da interação entre ensino-serviço e comunidade.
PALAVRAS CHAVE: Educação em Odontologia; Sistema Único de Saúde; Formação de Recursos Humanos.
( 4 páginas 18 ref. 0 f.) Rev. ABENO - Ano: 2011
Cod. E42 . 11 . 1 - 6 2011 - 8 B Rev. Liter

CUIDADOS EM SAÚDE BUCAL NA ATENÇÃO PRIMÁRIA: UMA REFLEXÃO BIOÉTICA
FONSECA, L. L. V. et al.
Embora nos últimos anos tenha se observado uma redução na prevalência de cárie dental no Brasil, o padrão de distribuição das doenças bucais ainda reflete a desigualdade no acesso aos cuidados preventivos e à assistência odontológica em todo o país. O nível de saúde bucal de uma população evidencia as diferenças na disponibilidade, acesso e aceitabilidade da educação e cuidados odontológicos.
PALAVRAS CHAVE: Atenção Primária à saúde; Saúde bucal; Bioética, Assistência odonto- lógica.
( 7 páginas 46 ref. 0 f.) Rev. Odonto Ciênc. / PUCRS - Ano: 2011 - TEXTO EM INGLÊS
Cod. E03 . 26 . 2 - 6 2011 - 6 D Rev. Liter

EFEITOS DO CONSUMO DIÁRIO DE PROBIÓTICO SOBRE A MICROBIOTA CARIOGÊNICA
SOUZA, C. V. A. et al.
Probióticos são definidos como micro-organismos vivos que, quando administrados em quantidade adequada, podem trazer benefícios ao hospedeiro melhorando seu equilíbrio intestinal. Estudos recentes têm sugerido que alguns probióticos funcionam como um método auxiliar no controle da doença cárie, pois podem diminuir os níveis salivares de Streptococcus mutans.
PALAVRAS CHAVE: Cárie dentária; Streptococcus mutans; Lactobacillus; Probiótico.
( 4 páginas 21 ref. 0 f.) Rev. Bras. Odont. - Ano: 2011
Cod. A02 . 68 . 1 - 6 2011 - 20 B Rev. Liter

FLUORESCÊNCIA NA ODONTOLOGIA RESTAURADORA: LASER DE DIODO
SAVARIS, C. et al.
O laser de diodo para diagnóstico de cárie foi introduzido há alguns anos. Esta revisão avalia criticamente o diagnóstico de cárie por fluorescência a laser.
PALAVRAS CHAVE: Cárie; Diagnóstico; Laser de Diodo.
( 4 páginas 48 ref. 0 f.) Rev. Paul. Odont. - Ano: 2011
Cod. A03 . 33 . 2 - 6 2011 - 1 B Rev. Liter

SISTEMA DE SALUD EN COLOMBIA: 20 AÑOS DE LOGROS Y PROBLEMAS
CALDERÓN, C. A. A. et al.
Se presenta un balance de algunos procesos claves y resultados del Sistema General de Seguridad Social en Salud (SGSSS) en Colombia. Se realizó una revisión sistemática de literatura publicada en revistas indexadas con valoración de la calidad de la evidencia, y literatura no publicada en revistas. - TEXTO EM ESPANHOL -
PALAVRAS CHAVE: Sistema de salud; SGSSS; Colombia; Cobertura; Financiación; Equidad.
( 12 páginas 67 ref. 7 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. C62 . 16 . 6 - 6 2011 - 1 F Rev. Liter

REFORMA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA EM PORTUGAL EM DUPLO MOVIMENTO: UNIDADES ASSISTENCIAIS AUTÓNOMAS DE SAÚDE FAMILIAR E GESTÃO EM AGRUPAMENTOS DE CENTROS DE SAÚDE
PISCO, L..
Analisa-se o processo de reforma da atenção primária à saúde (APS) em Portugal de 2005 a abril de 2010, período em que a Missão para os Cuidados de Saúde Primários teve a responsabilidade de conduzir essa profunda reconfiguração da APS Portuguesa.
PALAVRAS CHAVE: Reforma da Atenção Primária; Unidades de saúde familiar; Agrupamentos de centros de saúde; Autonomia.
( 12 páginas 39 ref. 6 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. C62 . 16 . 6 - 6 2011 - 3 F Rev. Liter

ATENÇÃO PRIMÁRIA EM SAÚDE: UM ESTUDO MULTIDIMENSIONAL SOBRE OS DESAFIOS E POTENCIALIDADES NA REGIÃO METROPOLITANA DE SÃO PAULO (SP, BRASIL)
HEIMANN, L. S. et al.
Este artigo apresenta resultados de estudo de caso na Região Metropolitana de São Paulo (SP) desenvolvido no âmbito de estudo multicêntrico na Argentina, no Brasil, no Paraguai e no Uruguai. O objetivo é analisar a Atenção Primária em Saúde (APS) como estratégia para alcançar sistemas integrais e universais. A abordagem metodológica se pautou em cinco dimensões de análise: condução política; financiamento; provisão; integralidade e intersetorialidade.
PALAVRAS CHAVE: Atenção Primária em Saúde; SUS; Região metropolitana.
( 11 páginas 32 ref. 3 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. C62 . 16 . 6 - 6 2011 - 4 F Rev. Liter

SAÚDE DA FAMÍLIA: O DESAFIO DE UMA ATENÇÃO COLETIVA
MOIMAZ. S. A. S. et al.
A estratégia de Saúde da Família, incorporada pelo Ministério da Saúde, em 1994, veio consolidar a política nacional de atenção à saúde que tem como seu principal foco de atuação a família. Nesse modelo, esta instituição passa a ser objeto primário de atenção, compreendida a partir do ambiente onde vive e de sua interação com o mesmo.
PALAVRAS CHAVE: Relações familiares; Profissional-família; Medicina de família e comunidade.
( 8 páginas 33 ref. 1 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. C62 . 16 . Supl.1 - 6 2011 - 3 D Rev. Liter

SAÚDE BUCAL E QUALIDADE DE VIDA
NAVARRO, V..
A saúde e a qualidade de vida andam de mãos dadas. Não é diferente quando o assunto está relacionado à saúde bucal. O cirurgião-dentista, Dr. Francisco Xavier Paranhos Coêlho Simões, mostra - de maneira simples e objetiva - que a prevenção é sempre a melhor saída.
( 3 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 5 - 6 2011 - 2 B Rev. Liter

SAÚDE BUCAL NAS ESTRADAS BRASILEIRAS
NAVARRO, V..
Há mais de uma década, o Projeto Sorrindo com a Ford percorre as estradas do Brasil levando atendimento bucal aos caminhoneiros, às crianças e às populações carentes do país. A entrevista com o idealizador do projeto, Dr. Cássio de Melo, apresenta o funcionamento da ação social.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 5 - 6 2011 - 4 X Rev. Liter

O PAPEL DO CIRURGIÃO-DENTISTA NA UTI
SOUSA, C. M. S. et al.
As unidades de terapia intensiva (UTIs) têm a finalidade de agrupar pacientes com necessidades de cuidados frequentes e extraordinários de suporte de vida. Nesses pacientes, o monitoramento de órgãos e sistemas, que não são a causa direta do problema, não é esquecido. Este monitoramento também deve incluir o sistema estomatognático, pois existem evidências clínicas de que a saúde bucal está relacionada à saúde geral.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 5 - 6 2011 - 7 X Rev. Liter

PROGRAMA FAMÍLIA ACOLHEDORA: ASPECTOS GERAIS
MORAES, F. S. et al.
O Programa Família Acolhedora é uma alternativa de abrigamento para crianças e adolescentes que visa melhorar as condições dignas de convivência em termos de abrigo no Brasil. Esse Programa busca manter crianças e adolescentes em situação de abrigamento com possibilidade de retorno ao convívio com suas famílias biológicas de viverem temporariamente em ambientes acolhedores que as preparem para o retorno a sua família.
PALAVRAS CHAVE: Programa Família Acolhedora; Família; Abrigamento; Crianças; Adolescentes.
( 9 páginas 17 ref. 0 f.) UNINGÁ Review - Ano: 2011
Cod. F05 . 6 . 6 - 6 2011 - 2 E Rev. Liter

FATORES DE RISCO PARA O DESMAME PRECOCE: UMA REVISÃO BIBLIOGRÁFICA
RIBEIRO, J. L. et al.
Trata-se de um estudo bibliográfico de natureza qualitativa, que tem por objetivo identificar quais os principais fatores de risco que podem conduzir ao desmame precoce. A seleção do material se deu nas bases de dados LILACS, SCIELO, e BVS sendo as obras publicadas entre o período de 1985 e 2010. A partir da análise do material obtivemos que as principais causas para o desmame precoce foram: paridade, dificuldades iniciais, Leite fraco, crenças e valores, condições socioeconômicas e trabalho materno, rotinas hospitalares e falta de assistência eficazes dos profissionais de saúde, distribuídas em categorias.
PALAVRAS CHAVE: Aleitamento materno; Desmame; Fatores de risco; Lactação.
( 9 páginas 35 ref. 0 f.) UNINGÁ Review - Ano: 2011
Cod. F05 . 6 . 6 - 6 2011 - 3 E Rev. Liter

A CONSTRUÇÃO DO PLANO LOCAL COMO ATRIBUIÇÃO DAS EQUIPES DE SAÚDE DA FAMÍLIA: A EXPERIÊNCIA DE TRÊS ÁREAS PROGRAMÁTICAS DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO
ELIA, P. C. et al.
As atribuições das equipes de Saúde da Família incluem a elaboração de um plano local, com participação da comunidade, considerando as peculiaridades e necessidades de saúde em cada território. Através de um estudo de caso com abordagem qualitativa, analisou-se o processo de planejamento local em três equipes, situadas em diferentes áreas programáticas do município do Rio de Janeiro.
PALAVRAS CHAVE: Estratégia de Saúde da Família; Planejamento em Saúde; Comunicação em Saúde; Atenção Primária em Saúde.
( 21 páginas 29 ref. 0 f.) Physis: Rev. Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. F37 . 21 . 2 - 6 2011 - 1 K Rev. Liter

GESTÃO DO TRABALHO: ABORDAGENS TEÓRICAS E POLÍTICAS NO CONTEXTO DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)
ALVES, J. S. et al.
O presente artigo tem como objetivo problematizar a temática GTS, tendo como desdobramento os processos políticos no contexto do Sistema Único de Saúde (SUS) e sua articulação com a Educação Permanente em Saúde (EPS). Do ponto de vista da metodologia, trata-se de pesquisa bibliográfica.
PALAVRAS CHAVE: Trabalho em saúde; Políticas de saúde; Trabalhadores; Sistema único de saúde.
( 13 páginas 28 ref. 0 f.) Rev. Baiana de Saúde Pública - Ano: 2011
Cod. C39 . 35 . Supl.1 - 6 2011 - 1 F Rev. Liter

CONDIÇÕES DE VIDA E SAÚDE BUCAL: UMA ABORDAGEM TEÓRICO-CONCEITUAL DAS DESIGUALDADES SOCIAIS
PASSOS, J. S. et al.
O objetivo deste ensaio é apresentar os fundamentos que colocam a condição de vida como importante categoria de análise para investigação do processo saúde-doença, evidenciando, na literatura, a sua abordagem nos estudos de condição bucal das populações.
PALAVRAS CHAVE: Condições sociais; Saúde bucal; Cárie dentária; Periodontite; Iniquidade social.
( 13 páginas 30 ref. 0 f.) Rev. Baiana de Saúde Pública - Ano: 2011
Cod. C39 . 35 . Supl.1 - 6 2011 - 4 F Rev. Liter

SAÚDE BUCAL PARA TODOS
NAVARRO, V..
Com uma década de existência, o projeto social Vila Maria: um caso de amor foi criado para prestar atendimento gratuito às crianças carentes da região da vila Maria, em São Paulo. A entrevista com a Dra. Adriana Gledys Zink, cirurgiã-dentista voluntária do projeto e especialista em atendimento odontológico para pacientes com necessidades especiais, apresenta o trabalho realizado pelos nove profissionais de saúde bucal que participam voluntariamente do programa.
( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 4 - 5 2011 - 4 X Rev. Liter

ORGANIZAÇÃOMUNDIAL DA SAÚDE - SAÚDE ORAL GLOBAL
Publicado na Rev. de OMD Vol. 03 nº 09 2011
A prestigiada revista científica Community Dental Health publicou recentemente um editorial da autoria de Poul Erik Petersen, responsável pelo Programa de Saúde Oral da Organização Mundial de Saúde (OMS), que salienta as actividades e as abordagens actuais deste programa que trabalha de forma sistemática no sentido de implementar, em diversos países do mundo, a promoção da saúde oral e a prevenção integrada das doenças. Dada a relevância estratégica que este artigo tem para a saúde oral, publicámo-lo na íntegra nesta edição da revista: Evolução da saúde oral global - O papel de liderança da Organização Mundial da Saúde.
( 6 páginas 9 ref. 0 f.) Rev. de OMD - Ordem Médicos Dentistas - Ano: 2011
Cod. E84 . 3 . 9 - 5 2011 - 4 C Rev. Liter

ABORDAGENS UTILIZADAS NA AVALIAÇÃO DO RISCO DE CÁRIE
CARVALHO, V. A. et al.
O objetivo do presente estudo foi conduzir uma revisão de literatura para discutir a atividade de cárie, bem como os fatores, indicadores e preditores de risco a ela relacionados, os quais foram pontualmente abordados.
PALAVRAS CHAVE: Cárie dentária; Diagnóstico; Prevenção e controle; Promoção da saúde.
( 5 páginas 33 ref. 2 f.) Rev. Fac. Odont. Univ. Passo Fundo - Ano: 2011
Cod. E08 . 16 . 1 - 4 2011 - 19 C Rev. Liter

PRÁTICAS INTEGRATIVAS E COMPLEMENTARES À SAÚDE BUCAL
GENNARI, C..
As práticas alternativas na odontologia são recém-reconhecidas e regulamentadas para o uso dos profissionais, mas despertam o interesse de muitos profissionais e contam com a aprovação dos pacientes.
( 4 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 3 - 4 2011 - 1 B Rev. Liter

O EINSTEIN NA SAÚDE BUCAL
NAVARRO, V..
As Equipes de Saúde Bucal do Albert Einstein em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde atuam na Estratégia Saúde da Família prestando assistência odontológica aos usuários das regiões do Campo Limpo e Vila Andrade. Supervisionado pela Dra. Danielle Palacio, o programa conta com 62 profissionais.
( 4 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 3 - 4 2011 - 4 B Rev. Liter

O GOVERNO LULA E A POLÍTICA NACIONAL DE SAÚDE BUCAL
BRIZOLARA, R. V. et al.
Caros leitores e leitoras, na primeira edição conversamos um pouco sobre a posse da Presidente e do Ministro da Saúde, assim como os desaos colocados para a saúde pelo novo governo. Terminei o texto lembrando que Dilma se compromete com a continuidade da Política Nacional de Saúde Bucal – PNSB. Nesta edição, trataremos do balanço das ações do governo federal na área da saúde bucal no período 2002-2010 e da Pesquisa Nacional de Saúde Bucal – Projeto SB 2010, divulgados à imprensa pelo Ministério da Saúde em 28 de dezembro de 2010.
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 3 - 4 2011 - 8 X Rev. Liter

BIOLOGIA MOLECULAR NA ODONTOLOGIA: MÉTODOS COMUMENTE UTILIZADOS NA CARIOLOGIA
VALARINI, N. et al.
Novas técnicas e novos métodos de avaliações para as informações genéticas surgiram, criando novas terapias e tratamentos. O cirurgião-dentista deve estar preparado e informado sobre as novas possibilidades, para incorporá-las no cotidiano de sua clínica. O presente trabalho tem como objetivo atualizar o cirurgião-dentista, abordando conceitos e técnicas da biologia molecular na odontologia e na prevenção da cárie dentária.
PALAVRAS CHAVE: Biologia molecular; Cárie dentária; Prevenção.
( 5 páginas 46 ref. 0 f.) Odont. Clínico-científica / CROPE - Ano: 2011
Cod. E40 . 10 . 1 - 3 2011 - 3 C Rev. Liter

ABORDAGEM CIENTÍFICA E CLÍNICA DO SELAMENTO DE LESÕES DE CÁRIE EM SUPERFÍCIES OCLUSAIS E PROXIMAIS
ABUCHAIM, C. et al.
O objetivo deste estudo foi revisar a literatura para evidenciar os aspectos científicos e técnicos envolvidos no selamento de lesões de cárie em superfícies oclusais e proximais. Após a análise dos artigos referenciados, encontrados a partir de busca eletrônica e manual, observou-se que há trabalhos estudando a possibilidade de paralisação da lesão oclusal e proximal com procedimentos não invasivos. Diversos estudos são discutidos e o passo a passo da técnica para selamento proximal é abordado.
PALAVRAS CHAVE: Adesivos dentinários; Cárie dentária; Diagnóstico.
( 7 páginas 44 ref. 3 f.) Rev. Gaúcha Odont. - Ano: 2011
Cod. A05 . 59 . 1 - 3 2011 - 5 D Rev. Liter

SOBRE A PRESENÇA DAS CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS NA SAÚDE PÚBLICA
CANESQUI, A. M..
Este artigo aborda resumidamente o desenvolvimento das ciências sociais e humanas em saúde no ensino e na pesquisa no Brasil, desde sua implantação na década de 1960 até o momento, destacando suas especificidades nos diferentes níveis de ensino e nos temas pesquisados e instituições acadêmicas onde foram implantados.
PALAVRAS CHAVE: Ciências Sociais e Saúde; Ensino; Pesquisa; Desenvolvimento.
( 6 páginas 10 ref. 0 f.) Saúde e Sociedade Fac. Saúde Pública USP - Ano: 2011
Cod. E57 . 20 . 1 - 3 2011 - 1 C Rev. Liter

A IMPORTÂNCIA DA ALIMENTAÇÃO NA SAÚDE BUCAL
LIMA, I. C..
Nesta entrevista, a Dra. Fernanda Reis de Azevedo fala das qualidades dos principais alimentos e dos seus valores nutricionais à saúde oral.
( 1 páginas 0 ref. 0 f.) O Sorriso - Ano: 2011
Cod. C90 . 8 . 31 - 3 2011 - 5 X Rev. Liter

A CLÍNICA NA SAÚDE DA FAMÍLIA: UMA EXPERIÊNCIA DE ENSINO-APRENDIZAGEM
SILVA, A. V. et al.
Este trabalho tem como objetivo discutir a experiência de ensino-aprendizagem no componente curricular Clínica da Família e na supervisão específica da Residência Multiprofissional em medicina Social com ênfase em Saúde da Família oferecida pelo ISC/UFBA.
PALAVRAS CHAVE: Medicina Social; Assistência Integral à Saúde da Família; Ensino; Aprendizagem.
( 7 páginas 11 ref. 2 f.) Saúde em Debate - Ano: 2011
Cod. D64 . 35 . 88 - 3 2011 - 2 D Rev. Liter

O AGENTE INDÍGENA DE SAÚDE COMO MULTIPLICADOR DE AÇÕES EM SAÚDE BUCAL COLETIVA
SARCINELLI, A. P. et al.
Objetivou-se verificar o conhecimento e as atividades de promoção de saúde bucal realizadas pelos agentes indígenas de saúde (AIS) que compõem as equipes do PSFI do município de Aracruz-ES. Metodologia: Após as devidas autorizações, CEP nº 055/08, deu-se início à coleta de dados com a aplicação, para os seis AIS, de um questionário semiestruturado contendo 17 questões referentes ao conhecimento e às atividades de saúde bucal por eles realizadas. A análise do material foi descritiva.
PALAVRAS CHAVE: Índios sul-americanos; Serviços de saúde; Recursos humanos.
( 7 páginas 18 ref. 1 f.) Rev. Bras. Pesq. Saúde - Ano: 2011
Cod. B83 . 13 . 1 - 3 2011 - 3 D Rev. Liter

O AGIR EM SAÚDE DA FAMÍLIA: AS CONDIÇÕES EXISTENTES E NECESSÁRIAS PARA A INTERAÇÃO E A TROCA DE CONHECIMENTOS NA PRÁTICA PROFISSIONAL
NORONHA, M. G. R. C. S. et al.
Este texto relata parte dos resultados de pesquisa realizada no período de 2005 a 2007 na Unidade de Saúde da Família Jardim Pinheiro, no Distrito Sanitário de Santa Felicidade, em Curitiba (PR). Investigaram-se as condições existentes e necessárias para a interação e troca de conhecimentos entre profissionais das equipes do Programa Saúde da Família (PSF).
PALAVRAS CHAVE: Saúde; Trabalho e educação; Programa Saúde da Família; Equipe multiprofissional de saúde.
( 10 páginas 24 ref. 1 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. C62 . 16 . 3 - 3 2011 - 1 E Rev. Liter

MARGOT JEFFERYS: A VOZ BRITÂNICA DA SOCIOLOGIA MÉDICA
NUNES, E. D. et al.
Margot Jefferys (1916-1999) não foi apenas a pessoa que introduziu a sociologia médica na Grã-Bretanha; foi a pesquisadora e professora que durante trinta anos exerceu a mais profunda influência no ensino das ciências sociais em saúde, tanto na graduação como especialmente na pós-graduação, desde o início da sua carreira, em 1953, na London School of Hygiene and Tropical Medicine. Neste estudo, além de um panorama geral sobre os trabalhos de Jefferys, são destacados dois textos que se situam no campo que estamos pesquisando: a história da sociologia da saúde.
PALAVRAS CHAVE: Margot Jefferys; Sociologia médica/saúde; História; Ciências sociais nas escolas médicas; Sociologia médica/Grã-Bretanha.
( 8 páginas 36 ref. 0 f.) Ciência & Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. C62 . 16 . 3 - 3 2011 - 3 D Rev. Liter

EVOLUÇÃO COMPROVADA NO TRATAMENTO CONTRA CÁRIES
NAVARRO, V.
O Papacárie foi elaborado para tratar de forma eficaz a dentina cariada. O produto dispensa o uso de anestesia e quaisquer equipamentos tecnológicos, proporcionado o total conforto do paciente durante o tratamento da cárie. A entrevista com a Dra. Sandra Kalil Bussadori apresenta mais detalhes sobre tema, mostrando como tal forma de cuidado está sendo bem aceita no Brasil e em outros países.
( 1 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 2 - 3 2011 - 3 X Rev. Liter

EVOLUÇÃO DAS POLITICAS DE SAÚDE
STIVAL, N. et al.
O objetivo deste trabalho é apresentar a evolução no campo da política de saúde, buscando garantir o papel social no âmbito nacional. Neste trabalho se examinam tais tendências observadas no seu processo de implementação a partir dos anos de 1960. Conclui-se pela abrangência dos objetivos propostos e pela existência de desequilíbrios sócios econômicos regionais, a implantação do SUS não tem sido uniforme em todos os estados e municípios brasileiros, pois para que isto ocorra é necessária uma grande disponibilidade de recursos financeiros, de pessoal qualificado e de uma efetiva política a nível federal, estadual e municipal para viabilizar o sistema.
PALAVRAS CHAVE: Políticas de saúde; Evolução; SUS.
( 8 páginas 3 ref. 0 f.) Rev. UNINGÁ - Ano: 2011
Cod. E77 . 27 . 27 - 3 2011 - 4 D Rev. Liter

EVOLUÇÃO DO FINANCIAMENTO DA ATENÇÃO À SAÚDE BUCAL NO SUS: UMA ANÁLISE DO PROCESSO DE REORGANIZAÇÃO ASSISTENCIAL FRENTE AOS INCENTIVOS FEDERAIS
KORNIS, G. E. M. et al.
O trabalho descreve e analisa, na perspectiva do financiamento federal, o desenvolvimento da Política Nacional de Saúde Bucal (PNSB). O artigo considera o avanço no sentido da ampliação do acesso representado pela inserção das Equipes de Saúde Bucal (ESBs) na Estratégia Saúde da Família (ESF) e a criação dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs) e dos Laboratórios Regionais de Prótese Dentária (LRPDs).
PALAVRAS CHAVE: Saúde Bucal; SUS; Política de saúde; Política Nacional de Saúde Bucal; Financiamento.
( 19 páginas 38 ref. 2 f.) Physis: Rev. Saúde Coletiva - Ano: 2011
Cod. F37 . 21 . 1 - 3 2011 - 3 J Rev. Liter

VOLUNTÁRIOS SEM FRONTEIRAS
Publicado em Dentistry Brasil nº 30 2011
Um caminho de atendimento em que as fronteiras são transponidas com coragem e responsabilidade sobre as questões sociais
( 2 páginas 0 ref. 9 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2011
Cod. C87 . 30 . 30 - 2 2011 - 6 X Rev. Liter

ABO: A SAÚDE ORAL DA POPULAÇÃO BRASILEIRA
NAVARRO, V.
A entrevista com o presidente da Associação Brasileira de Odontologia, Dr. Newton Miranda de Carvalho, esclarece alguns pontos cruciais no que tange a defesa da classe odontológica e a saúde bucal da população brasileira.
( 3 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 1 - 2 2011 - 2 B Rev. Liter

ODONTOLOGIA E INCLUSÃO
FIGUEIREDO, J. R.
A Organização das Nações Unidas (ONU) considera a igualdade de oportunidades como sendo o processo por meio do qual o sistema geral da sociedade, tais como o ambiente, a educação, a cultura, a habitação, o transporte e os serviços sociais e de saúde, esteja acessível a todos. A capacidade do indivíduo em buscar e obter tratamento odontológico deve ser vista sob este prisma.
( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 1 - 2 2011 - 5 X Rev. Liter

SAÚDE PÚBLICA: PERSPECTIVAS PARA O BRASIL
BRIZOLARA, R. V.
Queridas leitoras e queridos leitores, é uma grande satisfação colaborar com a Revista Odonto Magazine, que cede espaço para reflexões sobre a saúde pública. O momento histórico não nos permite falar sobre a saúde sem falar da Presidenta Dilma Rousseff e do novo Ministro da Saúde; ambos motivaram a matéria devido as perspectivas que levantam para o Brasil nos seus discursos de posse.
( 1 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2011
Cod. F02 . 1 . 1 - 2 2011 - 7 X Rev. Liter

AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS COMO INSTRUMENTO DE INFORMAÇÃO PARA A SAÚDE BUCAL COLETIVA
FADEL, C. B. et al.
A Epidemiologia tem buscado, além do entendimento da distribuição do processo saúde-doença nas populações, o estudo da causalidade a ele relacionada, desenvolvida pela humanidade ao longo do tempo e a interpretação da historicidade desse campo do saber. A proposta deste estudo é, por meio de criterioso exame na literatura, apontar a importância da utilização do conhecimento popular como estratégia de investigação qualitativa em saúde e desmistificar o uso das representações sociais para o campo da Odontologia.
PALAVRAS CHAVE: Análise qualitativa; Epidemiologia; Saúde bucal; Saúde coletiva.
( 6 páginas 35 ref. 0 f.) Rev. Gaúcha Odont. - Ano: 2010
Cod. A05 . 58 . 4 - 12 2010 - 4 C Rev. Liter

RECURSOS TÉCNICOS MAIS PREVISÍVEIS NA ESTÉTICA PERIODONTAL E PERI-IMPLANTAR
NERY, C. F..
Na edição anterior, esta coluna falou sobre os cuidados periodontais necessários após a colocação de próteses implantossuportadas. Nesta edição, abordaremos as técnicas mais utilizadas para garantir a estética Periodontal e Peri-implantar.
( 10 páginas 0 ref. 9 f.) Perio News - Ano: 2010
Cod. A26 . 4 . 6 - 12 2010 - 1 E Rev. Liter

PRINCIPAIS ÍNDICES CLÍNICO-VISUAIS PARA CLASSIFICAÇÃO DE LESÕES DE CÁRIE E DOENÇA PERIODONTAL
LEITE, F. R. M. et al.
A organização do biofilme bacteriano e sua atividade metabólica sobre os tecidos bucais podem ter como consequência o aparecimento das doenças cárie e periodontal. Por isso, na prática clínica é importante que essas duas doenças sejam descritas, para que possam ser avaliadas, controladas, tratadas e monitoradas quanto a regressão, estabilização e reincidência.
PALAVRAS CHAVE: Cárie dentária; Doença periodontal; Escores clínico-visuais.
( 10 páginas 27 ref. 19 f.) Perio News - Ano: 2010
Cod. A26 . 4 . 6 - 12 2010 - 11 E Rev. Liter

PROJETO SÓCIO-AMBIENTAL SORRISO CAIÇARA
AZEVEDO, D. P. L. et al.
O PROJETO SORRISO CAIÇARA (PSC) é uma ação civil voluntária, sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo promover saúde bucal à comunidade tradicional da Baia de Castelhanos, em Ilhabela SP.
( 6 páginas 0 ref. 35 f.) DMC Journal - Ano: 2010
Cod. C61 . 6 . 6 - 12 2010 - 10 C Rev. Liter


Site desenvolvido por: imira.com.br