• FACILITE SUA PESQUISA: listar apenas DTCs sobre:

    Total de Documentos Técnico-Científicos Encontrados: 1016
    A - Trabalho ou Artigo Clínico, de Divulgação, Revisão de Literatura
    COMO AS PESQUISAS DE EXCELÊNCIA EM EPIDEMIOLOGIA PODEM AJUDAR NA ELABORAÇÃO DE POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE BUCAL?
    ARDENGHI, T. M. et al.
    Dentro do curso de pós-graduação em Ciências Odontológicas da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), a linha de pesquisa em epidemiologia tem sido bastante produtiva e tem produzido inúmeros artigos científicos nos últimos anos, que, direta ou indiretamente, contribuem para a elaboração e melhora das políticas públicas de saúde bucal.
    ( 2 páginas 0 ref. 0 f.) Rev. APCD - Ano: 2013
    Cod. A01 . 67 . 2 - 6 2013 - 6 A Rev. Liter
    NOVOS MATERIAIS E TECNOLOGIA
    BRAGA, F.
    Como acompanhar esta evolução? O conhecimento sobre a evolução dos materiais utilizados no setor da saúde vem promovendo o diferencial do profissional perante os pacientes e a própria classe.
    ( 1 páginas 0 ref. 1 f.) Essencial em Revista - Ano: 2013
    Cod. B69 . 11 . 49 - 3 2013 - 4 X Rev. Liter
    EDUCAÇÃO PERMANENTE NA SAÚDE - IMPLEMENTAÇÃO SOB UM OLHAR DOS PROFISSIONAIS DA ENFERMAGEM
    CARDOZO, M. T. et al.
    O Programa de Educação Permanente no Brasil, foi implementado pelo Ministério da Saúde em 2004, com vistas a realizar mudanças nos processos de trabalho das Instituições, através de ações inovadoras de transformações no âmbito cognitivo, afetivo e psicomotor dos trabalhadores, para avançar na busca pela qualidade prestada aos seus usuários.
    PALAVRAS CHAVE: Educação; Educação Permanente; Capacitação Profissional.
    ( 11 páginas 28 ref. 0 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2013
    Cod. C64 . 13 . 3 - 3 2013 - 2 F Rev. Liter
    USO DA INFORMÁTICA NA ODONTOLOGIA
    MACHADO, R. P. A. et al.
    O computador associado ao advento da Internet provocou nos últimos anos uma revolução no desempenho das atividades profissionais nos seus mais diferentes segmentos. A rápida troca de informações aliada à facilidade de obtenção de conhecimento propiciou agilidade, praticidade e otimização do tempo de trabalho de vários profissionais. Além disso, softwares de gerenciamento administrativo são recursos importantes na racionalização das atividades de profissionais da saúde.
    PALAVRAS CHAVE: Informática; Odontologia; Informática Odontológica.
    ( 7 páginas 32 ref. 0 f.) Clínica e Pesq. Odont. - UNITAU - Ano: 2012
    Cod. F01 . 4 . 1 - 12 2012 - 1 D Rev. Liter
    INDUTORES DE MUDANÇA NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE: PRÓ-SAÚDE E PET-SAÚDE
    HOLANDA, I. C. L. C. et al.
    Na última década, a formação de profissionais de saúde tem sido reformulada no intuito de atender às necessidades de saúde das pessoas e não somente suas demandas. Políticas públicas de educação e saúde promovidas em parceria com o Ministério da Educação (MEC) e o Ministério da Saúde (MS) sinalizaram uma reforma curricular imprescindível nos cursos de graduação da área de saúde.
    ( 3 páginas 13 ref. 0 f.) Rev. Bras. Prom. Saúde - Ano: 2012
    Cod. E44 . 25 . 4 - 12 2012 - 4 B Rev. Liter
    PAPILLARY REGENERATION: ANATOMICAL ASPECTS AND TREATMENT APPROACHES
    OLIVEIRA, J. D. et al.
    This paper aims to report a literature review on the anatomy and morphology of the interproximal papilla and present the options of both surgical and nonsurgical treatment for the recovery of interdental papilla.
    PALAVRAS CHAVE: Dental papilla; Gingival; Regeneration.
    ( 9 páginas 42 ref. 10 f.) RSBO Rev. Sul-Brasileira de Odontologia - Ano: 2012 - TEXTO EM INGLÊS
    Cod. E55 . 9 . 4 - 12 2012 - 14 E Rev. Liter
    ESPECIALIZAÇÃO É O CAMINHO DO SUCESSO
    GENNARI, C.
    Para o cirurgião-dentista, buscar um título de especialista e manter-se atualizado é quase que uma obrigação, já que a profissão atua diretamente com seres humanos cada vez mais esclarecidos e exigentes em relação ao tratamento odontológico.
    ( 3 páginas 0 ref. 1 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
    Cod. F02 . 2 . 23 - 12 2012 - 3 X Rev. Liter
    A DIMENSÃO POLÍTICA NA FORMAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE
    LOBATO, C. P. et al.
    São necessários avanços na implementação do SUS no Brasil. Os trabalhadores da saúde são agentes instituintes de mudança nas práticas do mundo do trabalho. O presente artigo buscou compreender algumas possibilidades para contemplar a dimensão política na formação desses trabalhadores.
    PALAVRAS CHAVE: Educação; Residência não-médica; Poder; Educação permanente em saúde; Educação continuada; Relações de poder.
    ( 19 páginas 24 ref. 0 f.) Physis: Rev. Saúde Coletiva - Ano: 2012
    Cod. F37 . 22 . 4 - 12 2012 - 1 J Rev. Liter
    O COMPLEXO ECONÔMICO-INDUSTRIAL DA SAÚDE E A DIMENSÃO SOCIAL E ECONÔMICA DO DESENVOLVIMENTO
    GADELHA, C. A. G. et al.
    O papel estratégico da saúde na agenda de desenvolvimento nacional tem sido crescentemente reconhecido e institucionalizado. Além de sua importância como elemento estruturante do Estado de Bem-Estar Social, a saúde é protagonista na geração de inovação – elemento essencial para a competitividade na sociedade do conhecimento.
    PALAVRAS CHAVE: Desenvolvimento Tecnológico; Políticas; Setor de Assistência à Saúde; Economia; Gestão de Ciência; Tecnologia e Inovação em Saúde; Políticas e Cooperação em Ciência; Tecnologia e Inovação.
    ( 9 páginas 5 ref. 1 f.) Rev. Saúde Pública USP/FSP - Ano: 2012
    Cod. D55 . 46 . Supl.1 - 12 2012 - 3 E Rev. Liter
    TECNOLOGIA DE PONTA À EVOLUÇÃO DA ODONTOLOGIA
    DALCIM, G. P. et al.
    Um ambiente planejado para atender todos os possíveis problemas que os pacientes podem apresentar, buscando resultados promissores e perfeitos à saúde bucal dos clientes.
    ( 2 páginas 0 ref. 7 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
    Cod. C87 . 51 . 51 - 11 2012 - 6 X Rev. Liter
    CONHECIMENTO CIENTÍFICO E NEGÓCIOS EM ODONTOLOGIA
    NAVARRO, V. et al.
    A capital baiana reuniu, entre os dias 27 e 30 de outubro, profissionais de Odontologia de vários países para a 16ª edição do Congresso Internacional de Odontologia da Bahia – CIOBA, realizada no Centro de Convenções de Salvador.
    ( 5 páginas 0 ref. 6 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
    Cod. F02 . 2 . 22 - 11 2012 - 3 C Rev. Liter
    INFORMAÇÃO E ATUALIZAÇÃO TÉCNICO-CIENTÍFICA
    NAVARRO, V.
    O Centro de Convenções da Bahia, localizado na capital do Estado, recebe o Congresso Internacional de Odontologia da Bahia - CIOBA. A décima sexta edição do evento acontece entre os dias 27 e 30 deste mês.
    ( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
    Cod. F02 . 2 . 21 - 10 2012 - 3 X Rev. Liter
    ANÁLISE QUANTITATIVA DE PÓS-GRADUANDOS EM CIÊNCIAS DE SAÚDE NO BRASIL: PERFIL POR ESTADOS
    TEIXEIRA, R. K. C. et al.
    O objetivo desse artigo foi analisar a distribuição dos mestres e doutores em Ciência da Saúde pelos diferentes Estados e regiões do Brasil. Foram utilizados os dados estatísticos da Plataforma Lattes, com base nos currículos lattes desta mesma base de dados. Houve uma maior concentração de mestres e doutores, em número absoluto, na região Sudeste (52,2% e 58% respectivamente).
    PALAVRAS CHAVE: Educação de Pós-Graduação; Demografia; Formatos de Publicação.
    ( 6 páginas 21 ref. 4 f.) UNOPAR Científica - Ciências Biol. Saúde - Ano: 2012
    Cod. B57 . 14 . 3 - 9 2012 - 3 C Rev. Liter
    ESTADO DA ARTE DAS PESQUISAS SOBRE CURRÍCULO EM CURSOS DE FORMAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE: UM LEVANTAMENTO A PARTIR DE ARTIGOS PUBLICADOS ENTRE 2005 E 2011
    BRAID, L. M. C. et al.
    Trata-se de revisão bibliográfica com objetivo de verificar as tendências dos estudos desenvolvidos sobre currículo, em cursos da área da saúde no Brasil, no período de 2005 a 2011. Foi desenvolvida a partir das bases de dados Bireme e SciELO, utilizando-se o método integrado e os termos: inovação curricular, currículo interdisciplinar, currículo integrado, currículo e saúde.
    PALAVRAS CHAVE: Saúde; Currículo; Formação em saúde; Educação Superior.
    ( 14 páginas 71 ref. 0 f.) Interface - Comunic. Saúde Educ. - Ano: 2012
    Cod. F34 . 16 . 42 - 9 2012 - 1 F Rev. Liter
    A IMPORTÂNCIA DA ODONTOLOGIA NO CONTEXTO ATUAL
    MARQUES, F. et al.
    Dentistas e médicos brasileiros lidam com a responsabilidade de cuidar de pacientes, com extensas jornadas de trabalho. Entretanto, as duas profissões são as que mais despertam confiança da sociedade. De acordo com a pesquisa Marcas de Confiança realizada pela revista Seleções, em 2011, o índice de confiabilidade foi de 79% para dentistas e 73% para médicos.
    ( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Rev. APCD / S. Bernardo - Ano: 2012
    Cod. B36 . 13 . 78 - 9 2012 - 1 X Rev. Liter
    IGAS FISCALIZA - VENDA DE PRODUTOS DE BRANQUEAMENTO DENTÁRIO PELA INTERNET
    Publicado na Revista OMD Vol. 04 nº 14 2012
    Na sequência de uma denúncia efetuada pela OMD à Inspeção-Geral das Atividades em Saúde, foi realizada pela autoridade de saúde de Famalicão uma ação inspetiva junto de uma entidade que alegadamente procedia à prestação de serviços e venda de produtos destinados ao branqueamento dentário.
    ( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Rev. de OMD - Ordem Médicos Dentistas - Ano: 2012
    Cod. E84 . 4 . 14 - 9 2012 - 6 X Rev. Liter
    RESOLUÇÃO DA ERO SOBRE TÉCNICOS DE PRÓTESE DENTÁRIA... - ...REFORÇA A RESPONSABILIDADE DOS MÉDICOS DENTISTAS NA PRESTAÇÃO DE CUIDADOS DE SAÚDE ORAL
    Publicado na Revista OMD Vol. 04 nº 14 2012
    A ERO-FDI (European Regional Organisation of the FDI World Dental Federation) está atenta às iniciativas recentes das organizações nacionais e internacionais de técnicos de prótese dentária.
    ( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Rev. de OMD - Ordem Médicos Dentistas - Ano: 2012
    Cod. E84 . 4 . 14 - 9 2012 - 9 X Rev. Liter
    O MÉTODO DE ENSINO CONSTRUTIVISTA NA FORMAÇÃO ODONTOLÓGICA
    MACEDO, A. F. et al.
    Objetivou-se revisar o método psicopedagógico de ensino baseado no construtivismo, relacionando-o com o ambiente didático odontológico e com a formação humanística dos estudantes. Revisão literária sobre a abordagem construtivista, métodos de ensinoaprendizagem e didática em Odontologia utilizando como palavras- chave: educação em Odontologia, Psicologia educacional, educação superior e ensino.
    PALAVRAS CHAVE: Educação em Odontologia; Psicologia educacional; Ensino.
    ( 5 páginas 28 ref. 0 f.) Rev. Bras. Pesq. Saúde - Ano: 2012
    Cod. B83 . 14 . 3 - 9 2012 - 7 C Rev. Liter
    INFORMATIZAÇÃO NA ÁREA DA SAÚDE/ODONTOLOGIA: PRONTUÁRIO ÚNICO E ELETRÔNICO DO PACIENTE
    CARVALHO, R. B. et al.
    Objetivou-se revisar a literatura e discutir a informatização do atendimento aos usuários de saúde no serviço público, por meio da implantação do prontuário único (PU) e/ou do prontuário eletrônico do paciente (PEP) em instituições de ensino de Odontologia.
    PALAVRAS CHAVE: Ética; Informática em saúde; Registros odontológicos; Sistemas computadorizados de registros médicos.
    ( 10 páginas 28 ref. 0 f.) Rev. Bras. Pesq. Saúde - Ano: 2012
    Cod. B83 . 14 . 3 - 9 2012 - 9 E Rev. Liter
    O FUTURO DA ODONTOLOGIA NA VISÃO DOS JOVENS
    COUTINHO, L. et al.
    Candidata à Odontologia fala sobre o futuro que espera ter com a profissão e como os profissionais gabaritados podem auxiliar no processo de crescimento da Odontologia e qualificação dos jovens egressos no mercado.
    ( 3 páginas 0 ref. 2 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
    Cod. C87 . 48 . 48 - 8 2012 - 4 B Rev. Liter
    PROGRAMA UNIVERSIDADE DA INVISALIGN FAZ ATENDIMENTO GRATUITO
    CASA, M.
    São cerca de 70 mil dentistas credenciados ao sistema e mais de 1,8 milhões de pacientes tratados ao redor do mundo. No Brasil, já são mais de 1.500 ortodontistas que utilizam o sistema desde 2002.
    ( 2 páginas 0 ref. 3 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
    Cod. C87 . 48 . 48 - 8 2012 - 5 X Rev. Liter
    DEDICAÇÃO QUE GEROU SUCESSO
    MARQUES, S. M. L.
    Dr Sanzio Marcelo Lopes Marques fala das atividades de seu consultório e a dedicação profissional que trouxe qualidade e reconhecimento em seus trabalhos. Formado pela Faculdade de Odontologia de Minas Gerais em 1993, Dr Sanzio Marcelo Lopes Marques deu início à profissionalização e qualificação, ingressando no (para ele) saudoso curso de Residência em Prótese no Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto–USP, que foi sua referência, pois durante dois anos de dedicação exclusiva, se preparou para diagnosticar e tratar reabilitações protéticas de pequena, média e alta complexidade.
    ( 2 páginas 0 ref. 10 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
    Cod. C87 . 48 . 48 - 8 2012 - 6 X Rev. Liter
    A FALÁCIA TERAPÊUTICA
    KOTTOW, M.
    A falácia terapêutica tem servido para negar a legítima esperança de pacientes ‘sujeitos da pesquisa’ que se incorporam a estudos clínicos Fase III para obter benefícios clínicos diretos. Esta falácia busca ratificar os esforços de pesquisadores em negar a diferença entre estudos terapêuticos que beneficiam diretamente os afetados e estudos não terapêuticos, que incorporam sujeitos a pesquisas totalmente distanciadas de suas necessidades. - TEXTO EM ESPANHOL -
    PALAVRAS CHAVE: Pesquisa; Ensaios clínicos como assunto; Terapêutica equivocada; Falácia terapêutica; Experimentação humana; Sujeitos da pesquisa; Obrigações morais.
    ( 8 páginas 29 ref. 0 f.) Rev. Bioética - Ano: 2012
    Cod. C83 . 20 . 2 - 8 2012 - 1 D Rev. Liter
    A INSTITUCIONALIZAÇÃO DA PÓS-GRADUAÇÃO NO BRASIL: O PRIMEIRO DECÊNIO DA CAPES (1951-1961)
    GOUVÊA, F. C. F.
    Este artigo tem como objetivo analisar o primeiro decênio de existência da Campanha Nacional de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (atual Capes – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), que abarca o período de 1951 a 1960, situando a instituição no âmbito do aparelho estatal federal em um contexto histórico marcado pelo modelo nacional-desenvolvimentista.
    PALAVRAS CHAVE: História da Educação Brasileira; Ministério da Educação; Inep; Capes; 1951-1961.
    ( 27 páginas 23 ref. 3 f.) RBPG - Rev. Bras. Pós-Graduação CAPES - Ano: 2012
    Cod. B54 . 9 . 17 - 7 2012 - 2 G Rev. Liter
    CFO ESCLARECE SOBRE A VALIDAÇÃO DOS CURSOS DE ESPECIALIZAÇÃO
    LIMA, I. C.
    A revista Essencial, órgão oficial da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas – Regional Jardim Paulista, publica, em sua matéria de capa especial, uma entrevista com o presidente do Conselho Federal de Odontologia (CFO), dr. Ailton Diogo Morilhas Rodrigues, que presta esclarecimentos sobre a validação dos cursos de especialização. A matéria visa tão somente esclarecer as dúvidas dos profissionais da Odontologia, geradas pela decisão do Ministério da Educação que extingue os credenciamentos especiais de instituições não educacionais, e também traz a resposta ao CFO por meio da Resolução CFO-111/2011.
    ( 3 páginas 0 ref. 1 f.) Essencial em Revista - Ano: 2012
    Cod. B69 . 10 . 46 - 6 2012 - 2 B Rev. Liter
    O USO DA NANOTECNOLOGIA NA ODONTOLOGIA
    SPEZZIA, S. et al.
    A nanotecnologia presente no contexto odontológico como a criação de materiais e equipamentos que fazem parte do uso diário dos profissionais na execução dos trabalhos. Uma revisão literária sobre o assunto.
    ( 3 páginas 31 ref. 1 f.) Dentistry Brasil - Ano: 2012
    Cod. C87 . 46 . 46 - 6 2012 - 6 B Rev. Liter
    ATUAL REGIME - PRESCRIÇÃO DE MEDICAMENTOS
    Publicado na Revista OMD Vol. 04 nº 13 2012
    Aos médicos dentistas está expressamente reconhecido o direito de passarem receitas médicas (Estatutos art.13º, alínea p). Desde 1 de agosto de 2011 que a prescrição de medicamentos é efetuada através de receita eletrónica, emitida através de programas informáticos próprios, devidamente certificados pela Administração Central dos Sistema de Saúde, os quais futuramente deverão ser adaptados de acordo com as especificações técnicas que serão definidas pelos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde.
    ( 2 páginas 0 ref. 1 f.) Rev. de OMD - Ordem Médicos Dentistas - Ano: 2012
    Cod. E84 . 4 . 13 - 6 2012 - 7 X Rev. Liter
    A IMPORTÂNCIA DO ENSINO DA ODONTOLOGIA DO TRABALHO NA GRADUAÇÃO DE ODONTOLOGIA
    PERIN, P. C. P. et al.
    Na última década, o Brasil tem avançado em vários setores, resultado da adoção de políticas sociais e econômicas efetivas. Os indicadores de saúde têm demonstrado melhorias da condição de saúde bucal da população brasileira, porém, determinada parcela ainda requer uma maior atenção em relação à saúde bucal, principalmente pela sua vulnerabilidade. Este trabalho tem como proposição discutir, por meio da revisão de literatura, a importância da inclusão do ensino da Odontologia do Trabalho durante a formação acadêmica do estudante de Odontologia.
    PALAVRAS CHAVE: Odontologia do trabalho; Cirurgião-dentista; Odontologia social.
    ( 7 páginas 22 ref. 0 f.) Rev. Fac. Odont. Lins / UNIMEP - Ano: 2012
    Cod. E02 . 22 . 1 - 6 2012 - 5 D Rev. Liter
    RESEARCH INTEGRITY: CREATING NEW DEMANDS FOR THE TRAINING OF YOUNG RESEARCHERS?
    VASCONCELOS, S. M. R.
    Last year, the announcement that researchers from the physics community found that neutrinos (subatomic particles) could travel about 60 nanoseconds faster than light made international headlines. This revolutionary finding, which would challenge Albert Einstein’s theory of relativity, was released on the ArXiv preprint server on 17 November, 2011.
    ( 2 páginas 14 ref. 0 f.) Rev. Odonto Ciênc. / PUCRS - Ano: 2012 - TEXTO EM INGLÊS
    Cod. E03 . 27 . 2 - 6 2012 - 2 X Rev. Liter
    TELEODONTOLOGIA AMPLIA POSSIBILIDADES PARA ESPECIALISTAS E PACIENTES
    FRANÇA, S.
    De acordo com a especialista em Saúde Coletiva, mestre em Ciências Biológicas e doutora em Bioquímica, que atualmente é odontóloga do Serviço de Saúde Comunitária do Grupo Hospitalar Conceição e Preceptora da Residência Integrada em Saúde (RIS/GHC), além de atuar como consultora em Odontologia no Projeto Telessaúde/RS, Caren Serra Bavaresco, a Teleodontologia pode ser entendida como a oferta de serviços ligados aos cuidados com a saúde bucal, caracterizados pela distância entre os atores, providos por profissionais de Odontologia para a troca de informações relacionadas ao diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças, bem como para a educação permanente em relação à área.
    ( 7 páginas 0 ref. 4 f.) Rev. APCD - Ano: 2012
    Cod. A01 . 66 . 2 - 6 2012 - 1 D Rev. Liter
    TELEODONTOLOGIA: VALORES AGREGADOS PARA O CLÍNICO/ESPECIALISTA
    MACEDO, M. C. S. et al.
    O texto retrata os cuidados devidos à manutenção do sigilo das informações relativas aos pacientes e formas seguras e criativas de se incorporar as NTIC no dia a dia do Cirurgião-Dentista, acrescentando valor a ação profissional e qualificação na atenção a saúde bucal brasileira.
    PALAVRAS CHAVE: Ciência; Tecnologia e sociedade; Tecnologia da informação; Tecnologia educacional; Telemedicina.
    ( 5 páginas 18 ref. 4 f.) Rev. APCD - Ano: 2012
    Cod. A01 . 66 . 2 - 6 2012 - 2 C Rev. Liter
    CONSIDERAÇÕES SOBRE O MESTRADO PROFISSIONAL EM GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE
    AMÂNCIO FILHO, A. et al.
    O artigo aborda a formação de recursos humanos para a saúde, preocupação permanente de educadores, pesquisadores, planejadores e formuladores de políticas públicas para a área da saúde. O Mestrado Profissional em Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca é uma estratégia para enfrentar esta questão.
    PALAVRAS CHAVE: Recursos humanos; Recursos humanos em saúde; Gestão de recursos; Educação em saúde pública.
    ( 6 páginas 7 ref. 0 f.) Divulgação em Saúde para Debate - Ano: 2012
    Cod. D60 . 47 . 47 - 5 2012 - 5 C Rev. Liter
    A EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E OS DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO: UMA PROPOSTA INTEGRADORA ENTRE A PÓS-GRADUAÇÃO, A EDUCAÇÃO BÁSICA E OS MUNDOS DO TRABALHO
    FISCHER, T. et al.
    Este texto tem por foco a educação profissional como um itinerário estratégico de formação com vistas ao desenvolvimento nacional. Revisita a evolução da educação profissional, identificando desconexões entre a pós-graduação e a educação básica e propondo novos elos de uma cadeia que deve se constituir em um eixo formativo que se inicia na educação básica e pode evoluir até ao doutorado para profissionais.
    PALAVRAS CHAVE: Educação Profissional; Pós-Graduação Profissional; Ensino Superior; Níveis de Ensino; Educação Básica.
    ( 24 páginas 19 ref. 1 f.) RBPG - Rev. Bras. Pós-Graduação CAPES - Ano: 2012
    Cod. B54 . 9 . 16 - 4 2012 - 1 K Rev. Liter
    A POLÍTICA NACIONAL DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES ENTRE 2005 E 2010: A NOVA CAPES E O SISTEMA UNIVERSIDADE ABERTA DO BRASIL
    COSTA, C. J. et al.
    Neste artigo, apresentamos a contribuição e os desafios da nova Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) na gestão do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB), entre 2005 e 2010, em face da Política Nacional de Formação de Professores.
    PALAVRAS CHAVE: Educação a Distância; Formação de Professores; Ensino Superior.
    ( 51 páginas 27 ref. 17 f.) RBPG - Rev. Bras. Pós-Graduação CAPES - Ano: 2012
    Cod. B54 . 9 . 16 - 4 2012 - 2 K Rev. Liter
    REVISTAS CIENTÍFICAS BRASILEIRAS: UMA BREVE REFLEXÃO
    BARROSO, P.
    Foi com muita honra que aceitei o convite do Editor Científico da Revista de Ciências Médicas e Biológicas para escrever o editorial deste número. Diante desta proposta acredito ser oportuno refletir sobre a importância do periódico científico enquanto veículo de comunicação científica na sociedade contemporânea.
    ( 2 páginas 4 ref. 1 f.) Rev. Ciênc. Médicas e Biológicas / UFB - Ano: 2012
    Cod. D56 . 11 . 1 - 4 2012 - 1 X Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE IX - 1
    MARZOLA, C.
    Como um último capítulo vou colocar aqui outra atividade que tenho e, que acho sensacional, dividido em duas partes. Além de ler muito (Tenho mais de 5000 livros) e, adquirir quadros de pintores em destaque, coisas que adoro, há alguns anos comecei, também, a pintar e, estou adorando esse meu outro dom. Penso que ele estava adormecido e começou a aflorar vertiginosamente.
    ( 33 páginas 0 ref. 47 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 3 - 3 2012 - 1 K Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE IX - 2
    MARZOLA, C.
    Como último capítulo vou colocar aqui outra atividade que tenho que acho sensacional. Além de ler muito e, adquirir quadros de pintores em destaque, coisas que adoro, há alguns anos comecei, também, a pintar e estou adorando esse meu outro dom. Penso que ele estava adormecido e começou a aflorar vertiginosamente.
    ( 47 páginas 38 ref. 86 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 3 - 3 2012 - 2 K Rev. Liter
    COMO OS PESQUISADORES DA BIOQUÍMICA DA UNICAMP PODEM AJUDAR NA SUA PRÁTICA CLÍNICA?
    TENUTA, L. M. A. et al.
    A área de Bioquímica da Faculdade de Odontologia de Piracicaba, da Universidade Estadual de Campinas (FOP-Unicamp) é responsável pelo ensino de Bioquímica Geral e Oral aos alunos de graduação da FOP.
    ( 2 páginas 0 ref. 0 f.) Rev. APCD - Ano: 2012
    Cod. A01 . 66 . 1 - 3 2012 - 9 X Rev. Liter
    ODONTOLOGIA MODERNA: PRESERVAR PARA NÃO REMENDAR
    LIMA, J. E. O.
    Assim como já praticada na medicina, a prevenção é vista como o melhor método para evitar doenças odontológicas, sobretudo, a cárie dentária, considerada epidemia mundial. O último grande levantamento sobre o perfil de saúde bucal dos brasileiros aconteceu em 2003, onde mostrou que, quase 27% das crianças de 18 a 36 meses apresentaram pelo menos um dente decíduo com cárie, e a proporção chegou a quase 60% na faixa de cinco anos.
    ( 1 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
    Cod. F02 . 2 . 14 - 3 2012 - 7 X Rev. Liter
    VENDO AS COISAS SOB NOVOS ÂNGULOS
    TOMAZ, P. A. R.
    Este é o primeiro artigo que escrevo em 2012 e acho ótimo começar falando daquilo que temos de mais importante em nossas empresas: clientes. Na verdade, vou propor que você veja algumas de sua atividade por novos ângulos, ou melhor, pelo ponto de vista dos clientes.
    ( 2 páginas 0 ref. 2 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
    Cod. F02 . 2 . 14 - 3 2012 - 8 X Rev. Liter
    DELIBERAÇÃO - DENOMINAÇÃO DOS CURSOS MODULARES
    Publicado na Revista OMD Vol. 04 nº 12 2012
    Considerando o imperativo deontológico de o médico dentista ter de assegurar aos seus doentes a prestação dos melhores cuidados de saúde, a frequência de acções de formação pode revelar-se de extrema importância na actualização dos conhecimentos técnicos científicos no âmbito da medicina dentária, com importante reflexo na qualidade dos tratamentos prestados e na confiança da comunidade nesta área da saúde.
    ( 1 páginas 0 ref. 2 f.) Rev. de OMD - Ordem Médicos Dentistas - Ano: 2012
    Cod. E84 . 4 . 12 - 3 2012 - 10 X Rev. Liter
    PRIORIDADES DE PESQUISAS PARA O SUS NO ESTADO DA BAHIA
    MOLESINI, J. A. O.
    Ao entender que a Ciência e a Tecnologia são importantes indutores para a melhora nas condições de vida da população, o Brasil, por meio do Ministério da Saúde, formulou a Política Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação em Saúde, a Agenda Nacional de Prioridade de Pesquisas em Saúde.
    PALAVRAS CHAVE: Prioridades em pesquisas; Formulação de políticas; Política de saúde.
    ( 16 páginas 20 ref. 3 f.) Rev. Baiana de Saúde Pública - Ano: 2012
    Cod. C39 . 36 . 1 - 3 2012 - 2 J Rev. Liter
    POLÍTICA NACIONAL DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EM SAÚDE E A NECESSIDADE DE EDUCAÇÃO PERMANENTE
    MIRANDA, M. C. G.
    O ensaio aborda a importância da formação, da capacitação e do aperfeiçoamento de competências e habilidades dos trabalhadores de saúde. O recorte levou em consideração aspectos relacionados à produção, difusão e utilização de informações e conhecimentos em consonância com as necessidades do Sistema Único de Saúde.
    PALAVRAS CHAVE: Política de saúde; Tecnologia biomédica; Educação continuada.
    ( 8 páginas 18 ref. 0 f.) Rev. Baiana de Saúde Pública - Ano: 2012
    Cod. C39 . 36 . 1 - 3 2012 - 3 D Rev. Liter
    REDES INTERINSTITUCIONAIS E INOVAÇÃO NA ÁREA DE BIOTECNOLOGIA APLICADA À SAÚDE HUMANA
    ARAGÃO, E. et al.
    A organização da Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) na área de biotecnologia aplicada à saúde humana dá-se, predominantemente, através de estabelecimento de redes. Estudos que incorporam essa abordagem têm proliferado na literatura, que trabalha na perspectiva de explicar a dinâmica de inovação da indústria farmacêutica.
    PALAVRAS CHAVE: Redes; Inovação; Biotecnologia; Saúde humana; Indústria farmacêutica.
    ( 15 páginas 31 ref. 0 f.) Rev. Baiana de Saúde Pública - Ano: 2012
    Cod. C39 . 36 . 1 - 3 2012 - 4 F Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE V
    MARZOLA, C.
    Em 1997 um grupo de Cirurgiões BMF reuniu-se em Natal no Rio Grande do Norte, para ser discutida a direção que deveriam dar às diretrizes da Cirurgia Buco Maxilo Facial no Nordeste Brasileiro. Após essa reunião de vários dias concluíram pela elaboração do Encontro Norte Nordeste de Cirurgia BMF, para serem discutidos os aspectos mais atuais da Cirurgia entre os nordestinos.
    ( 66 páginas 0 ref. 163 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 2 - 2 2012 - 1 K Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE VI
    MARZOLA, C.
    Recebi na minha vida inúmeras homenagens, tanto que no meu CV existem mais de 300 citações... Todas recebidas com imenso carinho e amor... A homenagem podia ser na forma de uma placa ou de um diploma ou de uma medalha e, todas eram recebidas com igual carinho e devoção... . Acho que não existe como diferenciar um gran colar de uma simples placa... Para mim tinham igual valor e compreensão... É muito bom e gratificante receber uma homenagem em qualquer tipo de comenda e em qualquer local... Vou colocar todas elas sem qualquer ordem de
    ( 26 páginas 0 ref. 111 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 2 - 2 2012 - 2 K Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE VII
    MARZOLA, C.
    É a continuação do trabalho anterior (Parte VI) que ficou muito pesado pela quantidade de figuras. Assim vou colocar todas elas sem qualquer ordem de classificação ou de valor e sim com o amor que cada uma me representou...
    ( 23 páginas 0 ref. 82 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 2 - 2 2012 - 3 K Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE VIII
    MARZOLA, C.
    Neste capítulo achamos por bem colocar vários cursos e Congressos importantes em que tivemos a oportunidade de comparecer, sempre ministrando cursos ou palestra importantes, ou ainda participando de seminários e simpósios, tanto aqui no Brasil quanto no exterior. Ministramos cursos na BAHIA, especificamente nas cidades de Salvador, Feira de Santa e Itabuna, sempre com um grande número de participantes e, as presenças sempre marcantes de Marques e Pinheiro.
    ( 109 páginas 0 ref. 334 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 2 - 2 2012 - 4 K Rev. Liter
    30ª EDIÇÃO DO CIOSP MOVIMENTA 88 MIL PESSOAS
    GENNARI, C. et al.
    Foram quatro dias, entre 28 e 31 de janeiro, de muita movimentação no 30º CIOSP – Congresso Internacional de Odontologia de São Paulo, realizado no Expo Center Norte, em São Paulo/SP. Aproximadamente 88 mil pessoas, entre visitantes, congressistas e expositores, estiveram no local, sendo que 68,5% de cirurgiões-dentistas. A expectativa também de grandes negócios atraiu 220 expositores nacionais e 77 estrangeiros, provenientes de 19 países.
    ( 17 páginas 0 ref. 72 f.) Odonto Magazine - Ano: 2012
    Cod. F02 . 2 . 13 - 2 2012 - 3 J Rev. Liter
    HISTÓRIA DA CIRURGIA BUCO MAXILO FACIAL NO BRASIL – PARTE I
    MARZOLA, C.
    A cirurgia bucal é a especialidade da Odontologia que inclui o diagnóstico, assim como o respectivo tratamento cirúrgico de alterações, injúrias e falhas dos ossos da face e estruturas correlatas. Geralmente abrange o tratamento de feridas, redução de fraturas maxilares e da mandíbula, tratamento cirúrgico das infecções crônicas e agudas incluindo abcessos e osteomielites, reparo das enfermidades congênitas e adquiridas, além do uso dos enxertos ósseos, cirurgias estéticas das maxilas e da mandíbula.
    ( 32 páginas 0 ref. 77 f.) Rev. Odont. Acad. Tiradentes Odont. - Ano: 2012
    Cod. C64 . 12 . 1 - 1 2012 - 1 K Rev. Liter